Questao social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1245 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto



SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
serviço social

célia regina













QUESTÃO SOCIAL




















Itu
2013


CÉLIA REGINA GOMES RODRIGUES

















QUESTAO SOCIAL










Trabalho apresentado ao Curso Serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina [Sociologia,Fundamentos Históricos, Teóricos e Metodológicos, Ciência Politica e Filosofia].

Prof. Marcia Bastos, Giane, Albiazzetti, Sérgio Goes e Roseane Malvezzi









Itu
2013

Sumário

1. Introdução ................................................................................................. 04
2. Questão Social..........................................................................................05
3. Conclusão ................................................................................................. 07
Referências .................................................................................................... 08





























1. INTRODUÇÃO

Os problemas que atingem nossas vidas, de sequestros adesempregos, de secas a violência, são encarados como questões sociais.Uma coisa sempre esta ligada a outra e desta a mais outra e a situação sempre piora.
A preocupação está quando ultrapassam níveis considerados normais, ou que são controláveis pelo governo, que esteve e está nas mãos das elites políticas e econômicas.
A questão social desde seu principio é encarada pela própria população comoresponsabilidade somente do governo. Por outro lado os problemas sociais passaram a ser encarados como consequencia da carência de recursos materiais e intelectuais, assim como a pobreza. Esta, por sua vez, vista como causa individual e de responsabilidade de cada um.
Esses fenômenos sociais são tidos como éticos e morais, relacionado a ordem social do governante que está no poder. Muitasexperiências foram feitas por governos locais no sentido de combater os problemas sociais. Mas ao invés de ajudar causam em muitas pessoas a acomodação diante da dificuldade.











2. QUESTÃO SOCIAL

O principal conceito de questão social é o conjunto das expressões das desigualdades da sociedade. A sua intenção no principio era exigir a formulação de políticas sociais beneficiando aclasse operária, que se encontravam em pobreza crescente, fazendo com que eles se conscientizassem a cerca do modo como trabalhavam.
No final do século XIX, os problemas sociais cresceram, principalmente por causa do modelo econômico que explorava o trabalho livre. A pobreza e os demais problemas individuais ficava a cargo da caridade das pessoas da elite econômica.
A partir de 1930 a questãosocial do trabalho se transforma em responsabilidade do governo, enquanto que o da pobreza continua dependendo da caridade. Surge então uma diferenciação entre problemas sociais e questões sociais. Um é indesejável porém aceito, o outro, mais abrangente, é até legitimado, tido como permanente e estrutural.
Cidadania e pobreza assumiram características diferentes. A primeira é vinculada ao trabalho , asegunda à situação de carência. Aqui os direitos sociais não passam de políticas sociais, dirigidas a dois públicos diferentes: direitos dos cidadãos e “assistência” social aos pobres.
Desde a sua origem, o nosso sistema de proteção social, ao invés de existir para garantir a capacitação e inclusão do cidadãos no mercado de trabalho, tem funcionado apenas para reproduzir o sempre atual sistemade reprodução de subalternidade, de subserviência, de apadrinhamento das classes assalariadas e do povo em geral para com aqueles detentores do poder econômico e político do país. Então a questão social no Brasil é moldada de acordo com os interesses políticos.
No Brasil, ao contrário de muitos outros países, as políticas sociais não só reproduzem as desigualdades como aumentam a dependencia...