Questões de estética

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1098 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Luana Kaminski Filosofia

Estética

Professor Evandro

I. O que é valor estético? O valor estético não é algo que pode ser proposto como um absoluto em si mesmo, na medida em que circula por ordens muito próprias de existência social e cultural dos objetos considerados artísticos. II. Arte produz conhecimento? Sim a Arte é uma das mais importantes formas de transmitir conhecimento. Atravésdela retiramos uma visão da experiência e dos valores humanos, mas não é um saber científico. III. Qual é o domínio estético? O domínio do estético deve ser concebido como um tipo especial de prazer ou, de modo mais amplo, como um tipo especial de experiência, de juízo, de atitude perante o mundo, ou de qualidade. O termo “estética” deriva da palavra grega aesthesis, que significa “percepção.” Ofilósofo racionalista alemão Alexander Baumgarten introduziu o termo em 1735 para referir a ciência da “percepção sensorial,” tendo sido concebido para contrastar com a lógica, a ciência do “intelecto” (Baumgarten 1954) e, desde então, o termo “estética” tem mantido a esta conotação de ter uma conexão essencial com o que é discriminável perceptivamente. IV. Defina Juízo Estético em Kant e Juízo doGosto em Hume. Kant: procurou caracterizar os juízos estéticos, distinguindo-os dos juízos de conhecimento, defendendo que os estéticos não têm qualquer caráter prático e que são subjetivos, ao contrário dos juízos de conhecimento. Sendo assim, os juízos estéticos são, para Kant, juízos de gosto. Hume: O juízo de gosto não tem como parâmetro de avaliação nenhum valor preestabelecido, tem isto sim,como referencial, o trabalho humano plasmado no acervo de obras de arte. V. Defina a distinção entre as Belas Artes (imitação da natureza) e Juízo Estético(qualidades formais)? As teorias estéticas procuram explicar as belas-artes e a beleza natural. Os três tipos de teorias mais bem sucedidas na história da estética foram as teorias da imitação, as teorias da experiência estética e as teoriasinstitucionais. Todas as teorias tentam clarificar os conceitos usados, procurando explicar como eles se aplicam a cada uma das artes em particular e como dão conta das experiências dos artistas, críticos e apreciadores de arte. Talvez todas elas sejam teorias satisfatórias, mas em filosofia procuramos a melhor teoria que possamos

construir; por isso, talvez devamos entendê-las como antecessorasde uma teoria futura mais completa. O conceito de gosto é indispensável para compreender a percepção e os juízos estéticos, cuja verdade ou falsidade parece depender do modo como essa percepção ocorre. O problema da subjetividade ou objetividade dos juízos de gosto poderá tentar-nos a substituir este conceito pelo de experiência estética, pois este é tão intuitivo como o de gosto mas não implicaa ocorrência de juízos de valor, com todos os problemas que eles acarretam. A experiência estética deveria comportar os elementos subjetivos da experiência, elementos estes a que a ciência não pretende aceder. VI. Distinga: a) Teoria da Arte como imitação (mímesis). A ideia de que a poesia e a pintura são artes da imitação é de Platão, que comparava as imitações a sombras e reflexos que, nessamedida, pensava, afastavam da verdade em vez de aproximarem. Aristóteles também pensava que as artes da poesia e da pintura eram imitações da realidade, porém ao contrário de Platão, pensava que aprendemos com as imitações e que isso nos dá prazer. Os gregos não tinham concepção do estético, portanto as artes da pintura e da escultura eram gêneros de technê ou ofício. Na Renascença e no Iluminismoainda sob a influência de Aristóteles e de seus descendentes do período clássico, torna-se um lugar comum que os poemas e pinturas imitavam ou representavam o mundo. b) Teoria da Arte como forma (juízo estético). A teoria da arte como forma significante é uma característica da estrutura da obra que resulta da relação estabelecida entre as partes e o todo. c) Teoria da Arte como expressão. A ideia...
tracking img