Quem são as microempresas

Páginas: 23 (5580 palavras) Publicado: 26 de outubro de 2011
ESTUDO SOBRE AS MICRO-EMPRESAS E A

IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE PARA ELAS

CONTABILIDADE BÁSICA

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

2010

Sumário

1 INTRODUÇÃO 2
2 QUEM SÃO AS MICROS E PEQUENAS EMPRESAS 3-4
3 CONTABILIDADE DE CAIXA OU DE EXERCÍCIO 5
4 ANALISANDO O SISTEMA ADEQUADO AO SEU NEGÓCIO 6
4.1 Escolher um ponto inicial 6
4.2 Escolher as contas 6
4.3Reunir informações 6-7-8
5 COMO FUNCIONA A LEI GERAL PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS 9
6 PROCEDIMENTOS E DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A ABERTURA DE UMA EMPRESA INDIVIDUAL(MICROEMPRESA)........................................10-11
6.1 RECEITA FEDERAL / ESTADUAL – DOCUMENTOS 11
6.2 PREFEITURA – DOCUMENTOS 11-12
6.3 TAXAS COBRADAS PARA ABERTURA DE UMA EMPRESA JUCESP 12
6.4 DEVE-SEVERIFICAR: 12-13
6.5 A RECEITA FEDERAL 13
7 COMO FUNCIONA O SUPER SIMPLES 14-15
7.1 QUEM SE ENQUADRA 15-16-17-18-19
8 IMPOSTOS AGLUTINADOS 20-21-22
8.1 Veja qual a alíquota da sua empresa: 22-23-24
8.1.1Tabela: Simples Federal 24
9 A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE 25-26
10 CONCLUSÃO 27
11 REFERÊNCIAS 28

1 INTRODUÇÃO

As atividades das Microempresas não sediferem das demais empresas, tem fatores que irão defini-las com esse título para tributá-las de maneira específica.

As Microempresas hoje correspondem a 99,2 % das empresas brasileiras, mas para o PIB (produto interno bruto) correspondem apenas 20%.

Não há uma contabilidade específica para as Microempresas, a contabilidade tem que ser adaptadas a cada empresa, pois não é amesma coisa se compararmos uma empresa que produz bens e outra que presta serviços.

A contabilidade surgiu para controlar o patrimônio das pessoas físicas e jurídicas, demonstrando o que ela tem de bens/direitos e obrigações.

| |
| | | | | |
| | | |
| | | | ||
| | | |

2 QUEM SÃO AS MICROS E PEQUENAS EMPRESAS

Há algumas limitações básicas para que uma empresa seja considerada uma micro ou pequena empresa (MPEs) no Brasil e, como conseqüência, aproveitar algumas vantagens desse status como, por exemplo, a inclusão no Super Simples. Atualmente, há pelo menos três definições utilizadas para limitar oque seria uma pequena ou micro empresa.

A definição, mais comum e mais utilizada, é a que está na Lei Geral para Micro e Pequenas Empresas. De acordo com essa lei, que foi promulgada em dezembro de 2006, as micro empresas é as que possuem um faturamento anual de, no máximo, R$ 240 mil por ano. As pequenas devem faturar entre R$ 240.000,01 e R$ 2,4 milhões anualmente para ser enquadradas.Outra definição vem do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A entidade limita as micro às que empregam até nove pessoas no caso do comércio e serviços, ou até 19, no caso dos setores industrial ou de construção. Já as pequenas são definidas como as que empregam de 10 a 49 pessoas, no caso de comércio e serviços, e 20 a 99 pessoas, no caso de indústria eempresas de construção.

Já órgãos federais como Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) têm outro parâmetro para a concessão de créditos. Nessa instituição de fomento, uma microempresa deve ter receita bruta anual de até R$ 1,2 milhão; as pequenas empresas, superior a R$ 1,2 milhão e inferior a R$ 10,5 milhões.

Os parâmetros do BNDES foram estabelecidos em cimados parâmetros de criação do Mercosul. Com a nova lei, os limites, a princípio, não devem mudar, mas haverá adequações estatísticas, segundo o BNDES.

Além da definição legal das Micro e Pequenas Empresas (MPE), é importante ter em mente qual o perfil desse micro ou pequeno empresário, que é cada vez mais importante na estrutura capitalista atual. Genericamente, seu nome é o empreendedor...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Os fatores condicionantes da mortalidade das pequenas e microempresas no estado de são paulo
  • Microempresas
  • Microempresa
  • Microempresa
  • Microempresas
  • Microempresa
  • Microempresa
  • microempresas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!