Quanto vale o seu conhecimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1077 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Quanto vale o seu conhecimento?

Por Francisco Renaldo Costa para o RH.com.br [pic]

Francisco Renaldo Costa
Professor de Filosofia e Consultor. Bacharel e Licenciado em Filosofia pela PUC-BH. MBA em Gestão de Pessoas. Colunista do Jornal Gosto de Ler do Portal Parnanet e Banein-Ideias e Negócios, colunas Educação e Empresarial. Projeto de assessoria focado em Treinamento e Desenvolvimento -Empresas e Escolas. Palestras focadas em: Liderança, Trabalho em Equipe, Motivação, Relações Humanas, Gestão de Conflitos e Comunicação.

+ textos de Francisco Renaldo Costa

[pic][pic]Começo com uma recordação da infância. Nos tempos do ginásio, minha professora de matemática criava um clima de solenidade e declamava: "Na vida, meus lindos, podem tirar tudo de vocês, menos o conhecimento.Por isso, estudem". Confesso que essas palavras ficaram gravadas, talvez nem tanto pela importância, na ocasião, mas pelas vezes que ouvi. O tempo passou, decidi seguir um campo de conhecimento diferente daquele de minha professora de matemática, fui pelas trilhas das humanidades.

"Quanto mais existe sapiência, mais existe paciência", nos adverte o provérbio chinês. Conhecer exige planejamento,nada acontece ou se adquire de uma hora para outra, a não ser a contingência que sempre chega sem nos avisar. A história pede um mínimo de planejamento, para os que desejam sobreviver, já para os que almejam o sucesso, a ordem é planejar, planejar e planejar.

Para os gregos, o mundo em que nos situamos está em constante devir, podemos traduzir esse conceito por movimento, mudança outransformação. Tudo flui, o cenário é de constante mutação. Observe abaixo:
Século 19 - Era da Industrialização
Século 20 - Era do Gerenciamento
Século 21 - Era do Capital Humano / Era do Conhecimento / Era do Ser

Onde as mudanças são constantes, velocidades são crescentes.

Lembremos que desde 1990 a sociedade ficou conhecida como a Era da Informação, situação vivida até os dias atuais e a principalcaracterística dessa nova era são as mudanças, que se tornam rápidas, imprevistas, turbulentas e inesperadas (CHIAVENATO, 2004). Isto fica claro quando me dou conta que celular, hoje em dia, serve para tudo. E que até alguns anos atrás, para escrever um texto, utilizava minha velha amiga máquina de escrever Olivett Tropical - que guardo como relíquia para meu filho conhecer - e hoje estou na salacom um computador portátil, pequenino, até parece mágica comparando com poucas décadas passadas.

Preocupamo-nos com tudo que está ao nosso redor e nos esquecemos de conhecer tudo o que está ao nosso redor. Nos dias atuais, temos informações que estão presentes em todo lugar, aliás, em excesso, e pouca formação. E no final das contas desejamos acompanhar a velocidade das mudanças, o quehumanamente é impossível ficar por dentro de tudo o que acontece é loucura intelectual, já que tudo é muito rápido. Temos a tendência de nos conectar com tudo e deixamos de lado o essencial: nós mesmos. Perdemo-nos naquilo que deveria ser uma ferramenta para nos tornarmos mais humanos e estreitar as distâncias e as diferenças na sociedade.

O erro está na visão que temos de nós mesmos e da sociedade. Umavisão fragmentada da realidade, ainda tecnicista e pautada meramente no ter. É através desse paradigma que filtramos a realidade. Imagine uma empresa onde vigora o ter exclusivamente. Não existem colaboradores, mas sim funcionários. Os líderes são denominados chefes. Nesse conceito de empresa, o trabalho é totalmente alienado. As equipes dão lugar aos grupos. A lei que vigora é a do mais forte, aética cede vez ao individualismo. Tudo se torna provisório e imediatista.
Empresas fundamentadas no ter estão fadadas ao fracasso e a criar empregados descontentes, descompromissados e desligados de si mesmos, da visão, da missão e dos valores corporativos que os levarão à realização. Aliás, estes últimos, tudo indica que existem apenas no papel.

O século 21 inaugurou a Era do Ser. O que é...
tracking img