Qualificação profissional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3573 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Avaliação de desempenho de bancos brasileiros baseada em criação de valor econômico
Norton Torres de Bastos E-mail: norton.bastos@unibanco.com.br

Norton Torres de Bastos, Administrador de Empresas pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas, com MBA na The University of Chicago, Estados Unidos, é Superintendente de Riscos no conglomerado Unibanco.Revista de Administração, São Paulo v.34, n.3, p.xx-yy, julho/setembro 1999

Recebida em outubro/98

Em geral, o desempenho dos bancos, tanto no Brasil quanto no exterior, é avaliado por meio de índices, como os de Retorno sobre o Total de Ativos (Lucro Líquido/Total de Ativos), Retorno sobre o Patrimônio Líquido (Lucro Líquido/Patrimônio Líquido), Índice Preço/Lucro (Valor de Mercado da Ação/LucroLíquido por Ação), Índice Preço/Valor Patrimonial (Valor de Mercado da Ação/Patrimônio Líquido por Ação), Índice de Eficiência (Despesas com Pessoal + Administrativas/Resultado da Intermediação Financeira - Provisão para Devedores Duvidosos + Outros Resultados Operacionais), dentre outros.

Todos esses modelos de avaliação de desempenho tradicionais têm algumas características em comum:baseiam-se exclusivamente em dados contábeis, não incluem a exigência de rentabilidade mínima sobre o capital investido pelos acionistas e não dão tratamento algum para o risco associado à incerteza com relação aos resultados futuros.

Com o objetivo de contornar essas deficiências, os grandes bancos mundiais têm adotado modelos de avaliação de desempenho baseados em criação de riqueza, capazes desintetizar todas

Pág. 1

as considerações essenciais relativas a rentabilidade, risco e custo de oportunidade dos acionistas. No Brasil, com exceção do esforço pioneiro de alguns bancos, como o Unibanco, pouco tem sido desenvolvido nessa área de avaliação de desempenho de bancos. O Market Value Added (MVA®) e o Economic Value Added (EVA®)* são dois desses modelos que vieram para substituir osmodelos tradicionais. Utilizando uma métrica alinhada com o objetivo máximo da criação de valor para o acionista, eles apresentam uma nova proposta de administração para nortear a tomada de decisões e motivar os seus empregados em direção a esse mesmo objetivo. Segundo G. Bennett Stewart, III, sócio da consultoria norte-americana Stern, Stewart & Co., responsável pela criação do EVA®, a adoção destemodelo tem o poder de fazer com que os administradores do banco ajam como se donos fossem (making managers into owners) (Stewart, III, 1991). O MARKET VALUE ADDED – MVA®

O objetivo fundamental de qualquer investimento é a criação de riqueza para o investidor, e não é diferente quando se trata de um investimento em um banco. Na avaliação do desempenho histórico de um banco, a pergunta essencialque deve ser feita é se os seus administradores foram capazes de adicionar valor ao capital que os acionistas colocaram nele ou, alternativamente, se os administradores foram responsáveis pela destruição do capital que os acionistas investiram na instituição.

É importante ressaltar que nem sempre um aumento no preço de mercado das ações é resultado da criação de riqueza para os acionistas. Avariação de preço pode advir tanto da criação (ou destruição) de riqueza quanto de um aumento (ou diminuição) de capital sem que tenha havido qualquer alteração de riqueza (Stewart, III, 1994). Se o objetivo é medir a criação de valor para os acionistas, faz mais sentido comparar o preço de mercado do banco com o valor total nele investido ao longo do tempo, subtraindo o segundo do primeiro. A essadiferença dá-se o nome de Market Value Added (MVA®).

*

MVA ® e EVA ® são marcas registradas da Stern, Stewart & Co., New York.

Pág. 2

O MVA® (figura 1) é definido como o prêmio de mercado acima (ou abaixo) do valor econômico do Patrimônio Líquido do banco (obtido por meio de ajustes nas informações contábeis e doravante referido como Capital Econômico).

Valor para o Acionista...
tracking img