Qualidade dos boletins de ocorrência

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1035 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
9

1 INTRODUÇÃO

A percepção da sociedade em relação ao medo e a criminalidade tornaram-se hoje questão central para a elaboração de políticas públicas voltadas para a garantia da tranqüilidade pública. Formas de mensuração dos fenômenos criminais adquiriram uma importância crucial para as Instituições Policiais.

Nesse contexto, a análise e a estatística criminal firmaram-se como um dossustentáculos para o estudo do fenômeno criminal e para o desenvolvimento da atividade policial, seja ela de cunho preventivo, repressivo ou investigativo, pois é dela que obtém-se as informações e os conhecimentos necessários para o planejamento e a definição de estratégias que permitem o enfrentamento das diversas modalidades criminosas, que tanto mal causam às pessoas e à sociedade em geral.Em Minas Gerais, para aprofundar o conhecimento do fenômeno criminal, no tempo e no espaço, com vistas à redução dos índices criminais, mediante uma atuação integrada dos órgãos de defesa social e de segurança pública, foram concebidos um conjunto de estratégias para o compartilhamento de recursos e informações dos órgãos do sistema de defesa social.

Destacam-se entre as políticas e estratégiasconcebidas, que estão em desenvolvimento, as seguintes:

a) Instituição do Sistema Integrado de Defesa Social (SIDS), que congrega um conjunto de sistemas de informação, e a integração de tecnologias, das quais citam-se: - Módulo de Controle de Atendimento e Despacho (CAD); - Módulo de Registro de Eventos de Defesa Social (REDS); - Módulo de Informações Geográficas (GEOSITE); - Módulo de Gestãode Proocedimentos Administrativos e de Polícia Judiciária (PCNet); - Módulo de consulta de Informações de Segurança Pública (ISP); - Armazem de Informações de Defesa Social.

10

b) Constituição do Colegiado do Sistema Integrado de Defesa Social, nos moldes do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), sugerido pela SENASP; c) Definição de um novo arranjo organizacional mediante a criação daSecretária de Estado de Defesa Social (SEDS), da Chefia de Polícia Civil e da Subsecretaria de Administração Prisional (SUAP); d) Construção e reforma de unidades prisionais e contratação de agentes penitenciários para liberação das polícias dos serviços de carceragem, escolta e segurança interna e externa dessas unidades; e) Modernização logística das unidades policiais e instalação de unidadesintegradas; f) Implantação de modelo de gestão integrada da segurança pública (IGESP), voltado para resultados, com foco em territórios, denominados de Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP’s); g) Criação e instalação do Centro Integrado de Atendimento e Despacho (CIAD); h) Criação e instalação do Centro Integrado de Informações de Defesa Social, para o tratamento dos dados e informações de segurançapública; i) Implantação de projetos de valorização da vida e inclusão social de jovens de áreas de risco, a exemplo do Programa de Controle de Homicídios – Fica Vivo; j) Elaboração e publicação das Diretrizes Integradas de Ações e Operações (DIAO); k) Criação e instalação do Disque Denúncia Unificado, que se constitui em uma central única de atendimento às pessoas que desejam denunciar criminososou fatos delituosos; l) Criação do Colegiado das Corregedorias e do Sistema de Corregedoria da Defesa Social (SICODS); m) Realização de Treinamento Policial Integrado; n) Criação do Gabinete de Gestão Integrada de Segurança Pública (GISP); o) Realização de processo de alinhamento estratégico com a participação dos dirigentes dos órgãos do sistema de defesa social com vistas resgatar os objetivosda integração. Dentre as estratégias concebidas está a informatização do processo de elaboração e registro dos boletins de ocorrência policiais e de bombeiro, mediante o desenvolvimento e

11

implantação do módulo de Registro de Eventos de Defesa Social (REDS), que constitui objeto desta pesquisa, à medida que buscou-se verificar a qualidade dos boletins de ocorrência policial, na 4ª Cia...
tracking img