Qualidade de vida de cuidadores de enfermos cronicos codependentes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 90 (22420 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS
PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM PSICOLOGIA

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DO CUIDADOR DE ENFERMOS CRÔNICOS



Mestranda: Karin Souza Pereira Stival
Orientador: Prof. Dr. Sebastião Benício daCosta Neto

Dissertação apresentada ao Mestrado em Psicologia da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Psicologia.
Orientador: Dr. Sebastião Benício da Costa Neto.


Goiânia, 2011

Pró-Reitoria de Pós-graduação e Pesquisa
Programa de Pós-graduaçãoStricto Sensu em Psicologia

Folha de Avaliação
Karin Souza Pereira Stival

Avaliação da Qualidade de Vida do Cuidador de Enfermos Crônicos

Dissertação apresentada ao Programa de Mestrado em Psicologia, da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, como requisito parcial para a obtenção do título de Mestre em Psicologia, Pós-Graduação Stricto Sensu.

BANCA EXAMINADORA:

Dr.Sebastião Benício da Costa Neto
Presidente da Banca: Professor-Orientador
___________________________________________________

Dra. Ana Cristina Resende
Pontifícia Universidade Católica de Goiás – Membro
____________________________________________________

Dr. Fabio Jesus Miranda
Pontifícia Universidade Católica de Goiás – Membro
____________________________________________________Data da Avaliação:_______/_______/_____

Nota final:___________________________

DEDICATÓRIA
Resumo


Esta dissertação parte da hipótese de que certos cuidadores de enfermos crônicos apresentam uma dependência neste cuidado intenso e no vínculo que têm com o enfermo, levando-os a codependência. O interesse pelo tema decorre da necessidadede compreensão da qualidade de vida dos cuidadores de enfermos crônicos, incluindo os modos de enfrentamento de problemas utilizados em distintas fases da evolução da doença. Para verificar tal suposição, foi realizada uma revisão teórica nas bases: LILACS, IBECS, BDENF, MEDLINE, CAPES, HIGHTBEAM, levantamento de livros e sites relacionados aos descritores: codependência, qualidade de vida, doençacrônica, cuidador e modos de enfrentamentos de problemas. Descreve um estudo qualitativo e quantitativo, obtido a partir da aplicação de instrumentos utilizados em vinte cuidadores de enfermos crônicos. O estudo foi elaborado baseado nas regras estabelecidas pela Revista Temas em Psicologia, da Sociedade Brasileira de Psicologia.

Palavras Chave: Qualidade de vida; codependência, cuidador,doente crônico, modos de enfrentamento de problemas

Abstract

This dissertation starts from the assumption that some caregivers of chronically ill have a dependency on this intense care and the bond they have with the sick, leading them to codependency. Interest in the subject stems from the need to understand the quality of life of caregivers of chronically ill, including ways of coping withproblems used in different stages of disease progression. To verify this assumption, we performed theoretical bases LILACS, IBECS, BDENF, MEDLINE, CAPES, HIGHBEAM, Lifting of books and related websites to the descriptors: codependency, life quality, chronic illness, and coping and caregiver issues. Describes a qualitative and quantitative study, obtained from the application of instruments used intwenty caregivers of chronically ill. The study was prepared based on rules established by the journal Issues in Psychology, the Brazilian Society of Psychology.

Keywords: Quality of life, Codependency, caregiver, chronic disease, ways of coping with problems

Apresentação

O Tema relacionado ao familiar cuidador do enfermo crônico vem despertando meu interesse desde a graduação, quando...
tracking img