Quais os principais obstaculos e caminhos de superação para a melhoria do trabalho interdiciplinar na escola?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2212 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
CURSO: ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DO CURRÍCULO


MARIANGELA AULISIO DOS SANTOS
RONAN APARECIDO P. DONHA
SELMA DA SILVA MARIANO DOMINGUES














QUAIS OS PRINCIPAIS OBSTACULOS E CAMINHOS DE SUPERAÇÃO PARA A MELHORIA DO TRABALHO INTERDICIPLINAR NA ESCOLA?












SÃO PAULO
2011SUMÁRIO




1. INTRODUÇÃO......................................................................................................03
1. INTERDISCIPLINARIDADE ......................................................................................05
2. INTERDISCIPLINARIDADE E ENSINO........................................................................06
3. MULTI,INTER ETRANSDISCIPLINARIDADE..............................................................07
2. METODOLOGIA .....................................................................................................08
3. CONCLUSÃO..........................................................................................................09
4. REFERÊNCIASBIBLIOGRAFICAS..............................................................................10






































SÃO PAULO 2011




INTRODUÇÃO


A interdisciplinaridade surgiu na década de 1960, na França e na Itália, e se estendendo para os Estados Unidos.
Segundo Paulo Freire, 1968, a intenção era propor dimensões significativas de suas realidades,reconhecerem a interação entre as partes. Assim eles compreenderiam o mundo de forma critica e participativa. Freire diz ser indispensável ter, antes a visão total do contexto para, depois, separar seus elementos.
A interdisciplinaridade é uma abordagem de duas ou mais disciplinas, onde-se relacionam seus conteúdos para um aprofundamento no conhecimento, os educadores precisam trabalhar emgrupo, refletir e transformar o modo de pensar sua prática pedagógica.
Deixar de pensar nas disciplinas como fragmentada, ou seja, a fragmentação das disciplinas, afeta a aprendizagem, são ensinadas em estanque, ou seja, sem relação entre si e com contexto no qual os alunos estão inseridos. Percebe-se que os conteúdos não têm conexão um com o outro, e tão pouco, tem relação com a realidade daqual fazem parte.
Neste sentido, é preciso perceber que as disciplinas\conteúdos escolares são conhecimentos construídos ao longo da história da humanidade, e transformados constantemente por essa humanidade que está sempre evoluindo e modificando.
A partir desta perspectiva detectou-se a necessidade conhecer um pouco sobre o que nossos professores e educandos entendem comoobstáculos e superação no desenvolvimento de um trabalho interdisciplinar. Através de questionários para levantamentos de dados, em três escolas estaduais: EE Profº LANDIA SANTOS BATISTA, na cidade de Ferraz de Vasconcelos e EE DAVID JORGE CURI e EE VEREADOR ANTONIO GARCIA, na cidade de Suzano. (Anexo I).3
Assim, este projeto parte da necessidade levantada no dia a dia dos educadores de integrar e contextualizar as disciplinas, ações pedagógicas contextualizadas e interdisciplinares.


Planejar desenvolver e fazer um acompanhamento contínua da unidade pressupõe uma figura docente reflexiva, com uma bagagem cultural e pedagógica importante para poderorganizar um ambiente e um clima de aprendizagem coerentes com filosofia subjacente a este tipo de proposta curricular. (Santomé, 1998, p.253).


Segundo Santomé, educadores precisam rever suas práticas e adquirir uma postura reflexiva, os mesmos são desafiados a se inserir no mundo contemporâneo e as consequências deste mundo.


Um ambiente de aprendizagem interdisciplinar...
tracking img