Quais as intervenções de enfermagem diante das complicações clínicas ocorridas no paciente durante a hemodiálise no ambulatório?

Páginas: 31 (7670 palavras) Publicado: 24 de maio de 2011
1. INTRODUÇÃO:

1.1 Apresentação do problema:

Este estudo trata da assistência de enfermagem aos pacientes com falência renal. Tem como foco a atuação do enfermeiro diante das complicações clínicas que ocorrem com o paciente durante o procedimento de hemodiálise em ambiente ambulatorial.
O sistema urinário é composto por um par de rins, um par de ureteres, pela bexiga urinária e pelauretra. A função mais importante dos rins é a filtração do plasma e posterior remoção de substâncias do filtrado em taxas variáveis, dependendo das necessidades do organismo. Sendo assim, os rins limpam as substâncias do filtrado por excretá-las através da urina e devolve as substâncias necessárias à corrente sanguínea. (GUYTON e HALL, 2006).
É importante ressaltar que os rins possuem outrasfunções, tais como: regulação da osmolaridade, manutenção do equilíbrio iônico, regulação homeostática do pH, excreção de resíduos e substâncias estranhas ao organismo.
A doença renal é um termo bastante abrangente, usado para descrever a lesão renal ou uma diminuição na taxa de filtração glomerular. Ocorre quando os rins são incapazes de realizar sua função. As substâncias que deveriam ser filtradasacumulam-se no sangue através da excreção renal prejudicada, levando a uma ruptura nas funções metabólicas e endócrinas, bem como distúrbios hídricos, eletrolíticos e ácido- básicos. (SMELTZER e BARE, 2009).
As doenças renais são divididas em duas categorias principais, que são: insuficiência renal aguda e insuficiência renal crônica.
Na insuficiência renal aguda os rins param de funcionar de modoabrupto, completamente ou quase por completo, podendo recuperar, eventualmente, uma função quase normal. (GUYTON e HALL, 2006).
Pode ser resultado da diminuição do suprimento de sangue para os rins, em consequência de insuficiência cardíaca com diminuição do débito cardíaco e pressão arterial baixa ou de condições associadas como a hemorragia grave.
A insuficiência renal aguda intra-renalresulta de algumas anormalidades no próprio rim, incluindo as que afetam os vasos sanguíneos, túbulos ou glomérulos. (op.cit, 2006).
A Insuficiência renal crônica é caracterizada pela perda progressiva e irreversível da função renal. Em geral, pode ocorrer em conseqüência de distúrbios dos vasos sanguíneos, glomérulos, túbulos, interstício renal e trato urinário inferior e por doenças sistêmicas,tais como: diabetes melito, hipertensão arterial sistêmica, infecções e etc. Em sua fase mais avançada é definida como insuficiência renal crônica terminal. (op.cit, 2006).
Os tratamentos para as doenças renais são: a diálise peritonial, hemodiálise e transplante renal, juntamente com medicamentos e dietas. Essas medidas substituem temporariamente a função renal, aliviam os sintomas e preservam avida do paciente, porém, nenhuma é curativa. (FAVA, 2006 e SMELTZER e BARE, 2009).
Hemodiálise é o processo de filtragem e depuração do sangue, consiste em extrair as substâncias nitrogenadas tóxicas do sangue e remover o excesso de água, isto é, tem por finalidade substituir as funções renais prejudicadas por insuficiência renal crônica ou aguda. (FERMI, 2010).
O procedimento de hemodiálise podeapresentar complicações e o profissional enfermeiro deve estar apto a intervir em tais momentos. As principais complicações são: hipotensão, cãibras, náuseas e vômitos, cefaléia, dor torácica, dor lombar, prurido, febre e calafrios. (DAUGIRDAS et al, 2008 e NASCIMENTO e MARQUES, 2005).
As menos incidentes, porém graves que podem levar à morte incluem: a síndrome do desequilíbrio, reações dehipersensibilidade, arritmia, hemorragia intracraniana, convulsões, hemólise e embolia gasosa. (op.cit, 2008 e 2005).
O profissional enfermeiro atuando diante das complicações, intervém desde a monitorização do paciente, a detecção de anormalidades e com rápida intervenção, o que é essencial para a garantia de um procedimento seguro e eficiente para o paciente.
Resolvemos realizar este estudo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Intervenções de enfermagem nas complicações ao paciente em uso de cateter duplo lúmen para hemodiálise:
  • Complicações Durante a Hemodialise
  • Complicações Durante a Hemodialise
  • Complicações Durante a Hemodialise
  • Complicações Durante a Hemodialise
  • Complicações Durante a Hemodialise
  • Principais complicações durante a sessão de hemodiálise
  • intervenções de enfermagem a pacientes obesos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!