Quadro atual da atividade industrial do estado do rio de janeiro 2011

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3140 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Quadro atual da atividade industrial do Estado do Rio de Janeiro

No mês de março, as Vendas Reais da Indústria fluminense elevaram-se 12,73% relativamente a fevereiro. Contudo, na série que desconta os efeitos da sazonalidade, houve queda de 9,30%.
Apesar do recuo do indicador global, cinco os setores apresentaram significativo crescimento: Outros equipamentos de transporte (+48,95%), devidoà conclusão de encomendas de grande porte; Edição e impressão (+30,49%), com entrega de pedidos para o Governo; Metalurgia básica (+16,33%), em decorrência do maior volume de embarque de mercadorias para o exterior; Produtos químicos (+14,90%), por conta da maior demanda do varejo por medicamentos típicos do outono e inverno; e Máquinas, aparelhos e material elétrico (+12,87%), em função da maiorprodução de empresa que está transferindo parte da atividade de São Paulo para o Estado do Rio de Janeiro. Em contraste, os setores de Material eletrônico e comunicação (-61,82%), Têxteis (-19,26%), Veículos automotores (-14,01%), Máquinas e equipamentos (-13,38%) e Produtos de metal (-11,46%), registraram recuo das Vendas Reais nessa análise. Pode-se observar que nessessetores houve entrega de pedidos e conclusão de maior volume de encomendas no mês anterior retomando em março o patamar normal de vendas.
Na comparação com março de 2010, a Pesquisa Indicadora Industriais mostrou alta de 8,61% das Vendas Reais. Nessa análise, houve elevação em sete setores, dentre os dezesseis pesquisados. As mais significativas ocorreram em Veículos automotores (+41,85%), Refino,combustível nuclear e álcool (+25,08%), Veículos automotores (+18,40%), Edição e impressão (+17,06%) e Máquinas, aparelhos e material elétrico (+13,71%). Entretanto, os setores Têxteis (-31,71%), Vestuário (-23,32%), Material eletrônico e comunicação (-23,27%), Minerais não metálicos (-19,55%) e Borracha e plástico (-17,64%) apresentaram as maiores quedas nessa análise.
A comparação do primeirotrimestre de 2011 com o mesmo período do ano passado revelaram aumento de 8,47% das Vendas Reais. Esse crescimento foi atribuído ao desempenho das indústrias de Veículos automotores (+32,28%), Edição e impressão (+31,23%), Outros equipamentos de transporte (+19,02%), Máquinas, aparelhos e material elétrico (+15,87%) e Refino, combustível nuclear e álcool (+13,57%). No caso de Veículos automotores,houve transferência de filial para o Rio de Janeiro. O lançamento de novos produtos de maior valor agregado e antecipação dos catálogos para a campanha de vendas impulsionou as encomendas no setor de Edição e impressão. Para as empresas de Outros equipamentos de transporte, que têm como característica a produção de embarcações, houve conclusão vendas de grande porte no primeiro trimestre de 2011.No setor de Máquinas, aparelhos e material elétrico, uma empresa está transferindo a produção de uma fábrica de São Paulo para o Rio de Janeiro. Por fim, em Refino, combustível nuclear e álcool, houve tanto maior volume e
Entrega de combustível nuclear quanto maior demanda do mercado interno de derivados médios do petróleo, que têm maior valor agregado. Na mesma comparação, as maiores quedas deVendas Reais ocorreram em Têxteis (-24,41%), Máquinas e equipamentos (-16,07%) e Borracha e plástico (-7,14%). No primeiro caso, a queda
Foi em função dos estragos causados pela chuva na Região Serrana do Estado, onde há concentração de empresas do setor. Além disso, as empresas do setor estão tendo dificuldades para manter preços atrativos de seus produtos em função da concorrência com oscoreanos. Em Máquinas e equipamentos, o menor número de entrega de pedidos não representa demanda baixa, mas variação no prazo de conclusão de encomendas. Outro fator importante foi o clima mais ameno e chuvoso que prejudicou venda de equipamentos de refrigeração e ventiladores. Em Borracha e Plástico, a queda também foi atribuída ao tempo, que prejudicou empresas que fabricam componentes para...
tracking img