Química experimental - padronização de soluções

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1357 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
A padronização de uma solução convém para determinação de sua concentração real (ou pelo menos um valor muito próximo do real). Por meio deste processo é possível encontrar o Fator de Correção, um valor adimensional utilizado para conformidade da concentração da solução em questão. Antes da padronização é conhecida a normalidade teórica. Após a padronização a concentração real dasolução (normalidade verdadeira) é definida pelo produto.
Uma solução padrão é a solução cuja concentração é conhecida, esta pode ser preparada a partir de uma substância primária, a qual medida a massa, que depois é dissolvida num solvente apropriado e posteriormente diluída num balão volumétrico; ou de padrões comerciais, que são fornecidos em ampolas hermeticamente fechadas e que se diluem numbalão volumétrico. Sendo substância primária ou padrão primário, a substância que deve atender alguns requisitos: grau de pureza superior a 99,95%; fácil secagem; estável tanto em solução como no estado sólido; não higroscópico nem volátil; não reagir com a luz; elevado peso molecular.
O método pelo qual se determina uma quantidade desconhecida de uma substância particular, mediante a adição de umreativo-padrão que reage com ela em proporção definida e conhecida é denominado Titulação. A adição de um (um reativo de concentração conhecida e freqüentemente designado como reativo-titulado) se regula e se mede de alguma maneira, requerendo-se um método de indicação para saber quando a quantidade do juntado é precisamente a suficiente para reagir quantitativamente com a substância que sedetermina.
Por conseguinte, conhecendo a proporção em que reagem as substâncias e tendo determinado a quantidade de uma substância (o reativo titulado) necessária para reagir nesta proporção, pode-se calcular facilmente a quantidade desconhecida de substância presente no frasco da reação.



























1. OBJETIVOS DA EXPERIÊNCIA:


Este relatório tem comoobjetivo preparar e padronizar uma solução de ácido clorídrico 0,1mol/L.












































2. EXPERIMENTAL:

Materiais utilizados:



1- Béquer;

2- Balança;

3- Balão volumétrico de 100 ml;

4- Pipeta volumétrica;

5- Erlenmeyer;

6- Bureta;

7- Pipeta graduada.

Substâncias utilizadas1- Água deionizada;

2- KHC8H4O4;

3- Fenolftaleína;

4- HCl.


( Preparo de solução padrão de biftalato de potássio, KHC8H4O4 :

Pesa-se 2,1g de biftalato de potássio em um béquer de 50 ml. Dissolve-se o biftalato de potássio e transfere-se para um balão de 100 ml. Lava-se o béquer e completa-se o volume do balão até a marca e agita-se para homogeneizar.

(Padronização da solução de Hidróxido de sódio, NaOH:

Coloca-se 10 ml da solução de biftalato de potássio em dois erlenmeyers, adiciona-se de 2 a 3 gotas de fenolftaleína (indicador ácido-básico). Com a ajuda da bureta (antes de adicionar a solução, foi feito ambiente), titula-se a solução com NaOH até a mudança de cor para rosa e anota-se o volume consumido de NaOH. Este processo foi realizado duasvezes com o intuito de tirar-se a média dos volumes consumidos e calcular-se a nova concentração.


( Preparo de 100 mL de solução 0,1 mol/L de Ácido clorídrico, HCl:

Necessita-se de 0,85 ml de HCl para o preparo desta solução. O mesmo encontrava-se na capela. Com auxilio da pipeta transferiu-se esse volume para um balão volumétrico de 100 ml e diluiu-se com água deionizada.

(Padronização da solução de Ácido clorídrico, HCl:

Pipeta-se 20 ml da solução de HCl e transfere-se para um erlenmeyer de 250 ml. Acrescenta-se de 2 a 3 gotas de fenolftaleína. Com o auxílio da bureta, completa-se com a solução de NaOH, titula-se a solução até a mudança de cor da mesma para rosa e anota-se o volume consumido de NaOH e repete-se a titulação Este processo foi realizado duas vezes com o...
tracking img