Qalquer

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (614 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Idries Shah descreveu, no livro Oriental Magic, a formação de uma lenda na Índia:
"Coletei curioso material sobre uma lenda de vampiro em formação, o que parece desusadamente interessante.Circulam na Índia muitas lendas sobre uma certa vampira inglesa que dizem comer carne crua e beber sangue humano sempre que possível. É verdadeira essa história ? será apenas mais uma das históriassangrentas difundidas por agitadores antibritânico (como o horror dos bebês belgas da primeira guerra mundial) ? A verdade está no meio termo. Constitui um dos exemplos mais clássicos de formação de uma lendaque jamais encontrei.
Uma viuva inglesa, cujo marido foi morto em 1916, vivia em Bombaim e passava a estação quente nas montanhas. Diz-se ter sido ela de aparência perfeitamente normal. A únicacoisa que parecia marcar sua atitude de vida era a convicção de que era irresistível ao sexo oposto. E mesmo isso não é inusitado.

Um marajá que estava passando o ano na mesma estação demontanha tinha o hábito de dar festas magníficas. Uma noite, depois desse divertimento, essa mulher (sra. W.) e uma amiga (sra. S.) estavam voltando para casa de riquixá. O riquixá que ia na frente delashavia capotado nas pedras, ao virar uma esquina muito depressa. Várias pessoas ficaram feridas. As duas mulheres pararam seu riquixá e foram ver se podiam ajudar em algo. Note-se que nenhuma das duashavia sido acidentada ou ferida de alguma forma.

Ao voltarem ao seu hotel, a sra. S. notou que a boca de sua amiga estava coberta de sangue. Depois circulou a história de que a sra. W. tinhasugado o sangue de uma das vítimas do acidente: ela era uma vampira. Ela morreu alguns meses depois e assim a lenda continuou, cresceu e provavelmente continuará a crescer.

Entretanto casualmenteencontrei a sra. S. e perguntei o que sabia de toda a história. Aqui está sua versão:

Perguntei à sra. W., naquela mesma noite, por que havia sangue em seu rosto. Ela primeiro me disse que era...
tracking img