Publicidade e propaganda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1442 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A comunicação em grupos e organizações
[pic]
 
José Manuel Moran
Professor de Comunicação, Educação e Tecnologias 
[pic]
Participamos de várias situações e formas de comunicação em grupos e organizações, mais ou menos significativas, presenciais e virtuais. Em cada uma das organizações, como, por exemplo, as ligadas ao trabalho, à educação ou ao entretenimento, desempenhamos papéis mais“profissionais” – em que mostramos competência e conhecimento em áreas específicas – e outros mais pessoais. Um médico, conversando num bar de um clube de tênis, continuará sendo visto pelas demais pessoas como um profissional da saúde. As suas opiniões sobre uma determinada doença pesarão mais do que as de um colega engenheiro sentado ao seu lado.

Essa competência maior ou menor e a forma como aexercemos – com mais ou menos simpatia – facilita ou dificulta a nossa comunicação no campo organizacional. Podemos ser vistos como pessoas competentes, mas de difícil convivência, ou muito simpáticos, mas pouco inteligentes.
Nos vários ambientes que freqüentamos, comunicamo-nos como pessoas realizadas ou insatisfeitas, abertas ou fechadas, confiantes ou desconfiadas, competentes ou incompetentes,egoístas ou generosas, éticas ou aéticas. Além disso nos expressamos como homens ou mulheres, jovens ou adultos, ricos ou pobres. Todas essas variáveis interferem nos vários níveis de comunicação pessoal, grupal e organizacional.

Além dos grupos físicos ou presenciais, adquirem hoje extrema importância os grupos virtuais. No ciberespaço, há uma ampliação virtual de todas as pulsações,inquietações, preocupações e soluções existentes individuais, grupais e sociais, em todos os campos, mas também uma potencialização de tudo o que procuramos de forma fácil e rápida. A internet é um espaço fantástico para novos negócios; quem deseja bisbilhotar ou aparecer encontra no ambiente virtual um campo fértil de possibilidades de fazê-lo. Políticos artistas, jornalistas, fanáticos, pedófilos,terroristas... todos encontram no ciberespaço formas de incrementar seus desejos, buscas, negócios, interações, propaganda.

Todos se encontram na rede, mas em grupos diferentes, em tribos diferentes. Cada um descobre suas referências, em que se sente confortável e acolhido. Os “diferentes” também se sentem acolhidos em grupos que não nos dizem nada ou que desprezamos, mas estão vivos, agindo e seexpandindo também ao nosso lado. As comunidades virtuais com as listas de discussão são espaços ricos de aprendizagem, de troca e de marketing. Uns só têm alcance familiar ou local; outros se destacam mais e adquirem maior relevância, peso. Existem as estrelas do virtual, dos blogs: os mais acessados, os mais citados.

A sociedade aprende a difundir os princípios democráticos, mas também ospreconceitos. Grupos xenófobos, racistas, fundamentalistas também usa a rede para promoção e divulgação de suas idéias. Há um desenvolvimento da inteligência coletiva, mas em muitas direções, mesmo que haja alguns valores e modos de vida mais difundidos, constatamos a força dos grupos pequenos, de religiões e ideologias obscurantistas.
Há formas novas de ação, de mobilização. É interessante observar comogrupos marcam encontros para ações chamativas, momentâneas ou para os chamados flashmobs, em que, convocados pelo celular e pela internet, se reúnem para atos políticos momentâneos, mobilizando milhares de pessoas rapidamente em prol de causas específicas.

Comunicação nas organizações
O paradigma da cultura ocidental é de que a essência das pessoas é perigosa. Assim, elas precisam serensinadas, guiadas e controladas por aquelas que são investidas de uma autoridade superior.(Carl Rogers, Um jeito de ser, p. 65) 
Esse modelo desconfiado, negativo e pessimista só nos traz problemas. Atualmente estamos percebendo a necessidade de investir em novos modelos de gerenciamento e de exercício do poder. Carl Rogers reafirma o significado de trabalhar em grupo numa perspectiva mais aberta,...
tracking img