Psicoterapia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1871 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Docente: Dr. Artur Bento Discente: Osvaldo Varela

Resumo

O presente trabalho tem como a pretensão de fazer uma análise, descrever e fazer uma discussão bastante criteriosa e cientifico sobre o caso clínico, de J. E será feito com base na teórica comportamental cognitiva, a partir do relato daqueixa da mãe, utilizando estratégias terapeuta que serão pertinentes para a análise do caso clínico.

Introdução

Este trabalho tem como escopo de apresentar uma análise do caso clínico, prever as áreas de actuação dentro do modelo cognitivo e conceitos que embaçam a prática da Terapia e contextualizar o leitor a respeito da natureza desta abordagem cognitivo comportamental que vem sendo cadavez mais aplicada ao tratamento de diversos transtornos psiquiátricos e também do comportamento desajustado.

A Terapia Cognitiva de Beck é considerada, hodiernamente, como a principal abordagem cognitiva. Os trabalhos iniciais de Beck, como foi visto anteriormente, enfocaram a depressão. De acordo com a abordagem cognitiva de Beck, os pensamentos e avaliações negativos, encontrados em pacientescom depressão não constituem um sintoma somente, mas são factores que estão na própria manutenção desta psicopatologia.

Falando um pouco de Beck, quando Beck começou a lidar com paciente com depressão, ele demonstrou como funcionamento desses pacientes com depressão era marcado fundamentalmente por uma visão pessimista que tinha de si mesmo. Com isso podemos ver, como comportamento do indivíduopoderá sofrer alteração em diversas áreas onde ele actua. E Beck realça que a terapia comportamental cognitivo vai intervir para minimizar essas sintomatologias, trazendo o indivíduo de novo ao convívio social. Beck realça, que seres humanos são resultados de aprendizagens. Nós aprendemos comportamentos, como falar português, ou dirigir automóveis, ou nadar, ou jogar ténis. Nós aprendemoscomportamentos, os pensamentos e as crenças. Então a Terapia vai sobreviver como sendo oportunidade de novas aprendizagens, na medida em que a gente entende que isto aborrece a vida comportamentos, sentimentos e pensamentos. Alem disso a terapia comportamental cognitivo tem como a pretensão de intervir para provocar a mudança na qualidade de vida do paciente.
A Terapia Cognitivo-Comportamental centra-senos problemas que estão sendo apresentados pelo paciente no momento em que este procura a terapia, sendo que seu objectivo é ajudá-lo a Um dos objectivos da Terapia Comportamental Cognitivo é corrigir as distorções cognitivas que estão gerando problemas ao indivíduo e fazer com que este desenvolva meios eficazes para enfrentá-los. Para tanto são utilizadas técnicas cognitivas que buscamidentificar os pensamentos automáticos, testar estes pensamentos e substituir as distorções cognitivas. As técnicas comportamentais são empregadas para modificar condutas inadequadas relacionadas com o transtorno psiquiátrico em questão. A terapia vai se caracterizar muito por um questionamento das interpretações que as pessoas trazem e algo de algum treino de habilidades para que as pessoas consigammanejar melhor os seus estados de ansiedade, por exemplo, fazer “saturação” cognitiva no caso de pacientes com depressão ou aprender habilidades sociais no caso de pacientes com dificuldades na interacção social e assim por adiante.

1. Análise do quadro comportamental de J

1.1 Principais comportamento em excesso |
Comer |
Estudar |
Ficar em casa |
|
|
|



1.2 Déficecomportamental |
Falar com o pai |
Exercício físico |
Falar com amigos |
|
|


1.3 Outras características relevantes |
Inteligência normal Não aceita que precisa de mudar Gosta dos pais |
Não tem religião praticante |
Não exterioriza Não dialoga |



Analise dos quadros
O nosso quadro prende mostrar de forma mais claro o comportamento do J. J apresenta alguns...
tracking img