Psicoterapia cognitiva

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 45 (11127 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Psicoterapia cognitiva
Bernard Rangé 
Os últimos anos têm testemunhado um desenvolvimento vertiginoso de uma abordagem psicoterapêutica denominada Psicoterapia Cognitiva (TC) (Beck et ai.. 1979; Beck et ai., 1985; Beck e Freeman, 1990). Baseia- se no modelo cognitivo segundo o qual afeto e comportamento são determinados pelo modo como um indivíduo estrutura o mundo. Suas cognições (eventosverbais ou pictóricos do sistema consciente) mediam as relações entre os impulsos aferentes do mundo externo e as reações (sentimentos e comportamento). O modelo esquemático é o seguinte:

Acontecimentos ambientais - Processamento cognitivo – afetos e comportamentos

Distingue-se da psicanálise e da psiquiatria biológica na medida em que estes entendem que a ação de um indivíduo está baseada em umdeterminismo fora do seu controle, enquanto a terapia cognitiva (TC) supõe que a origem da ação encontra-se na consciência, logo sob seu poder. Em relação ao behaviorismo, representa uma evolução na vertente metodológica desta escola psicológica. Historicamente, a TC teve como precursora a terapia racional-emotiva (Ellis, 1962), mas foi Aaron T. Beck que lhe deu os contornos atuais. Originalmenteum psicanalista, Beck percebeu, em seus atendimentos, certas características no processamento cognitivo de seus

pacientes deprimidos e a relação destas como sintomas por eles apresentados. Pouco a pouco foi desenvolvendo um modelo teórico e uma prática correspondente, e submetendo-os a verificações experimentais que as validaram. Na mesma época, as terapias comportamentais também começaram avalorizar progressivamente os aspectos cognitivos (Bandura, 1969; Mahoney, 1973) com o conseqüente desenvolvimento de uma abordagem cognitivo-comportamental (Hawton e cols., 1989). Há uma forte tendência desta abordagem se estabelecer como a principal vertente terapêutica tendo em vista o fato de que a terapia cognitiva também utiliza procedimentos comportamentais, o que faz com que a efetividadedestes procedimentos aumente ainda mais e ganhe disseminação crescente.

Funcionamento cognitivo 

As interpretações que um indivíduo faz do mundo estruturam-se progressivamente, durante seu desenvolvimento, formando regras ou esquemas. Estes esquemas orientam, organizam, selecionam suas novas interpretações e ajudam a estabelecer critérios de avaliação de eficácia ou adequação de sua ação nomundo. Numa analogia, pode-se dizer que funcionam tal como as regras gramaticais na regulação do comportamento verbal.

90 Bernard Rangé (Org.)

Esquemas são espécies de “fórmulas” que uma
pessoa tem a seu dispor para lidar com situações regulares de maneira a evitar todo o complexo processamento que existe quando uma situação é nova. Orientam e ajudam a uma pessoa a selecionar os detalhesrelevantes do ambiente e a evocar dados arquivados na memória também relevantes para sua interpretação. Os esquemas podem se organizar em compostos mais complexos chamados constelações cognitivas que se manifestam por meio de prontidões (sets) cognitivas, entendidas como estados de ativação cognitiva, que preparam um indivíduo para um certo tipo de atividade cognitiva específica (detecção de perigo,apreciação estética etc.). Todos estes fatores determinam a espécie e a amplitude das reações emocionais e comportamentais. Em condições normais, um estado de prontidão cognitiva varia de acordo com mudanças na estimulação. Se houver uma persistência dele por meio de diversas situações, o sei está evidenciando uma tendenciosidade que denuncia a ativação de um modo. A noção de modo corresponde aoconceito utilizado em eletrônica que define modos de funcionamento de equipamentos (p. ex.: modo rádio FM, modo

rádio AM, modo gravador. modo CD em um equipamento de som). Um modo ativado significa que o indivíduo fica funcionando apenas naquela função (em looping) durante um certo período de tempo. Há modos negativistas, narcisistas, vulneráveis, eróticos etc. A ativação de um modo estimula...
tracking img