Psicose ambientalista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (545 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
BRAGANÇA, Bertrand de Orleans. PSICOSE AMBIENTALISTA. 1 ed. São Paulo:Instituto Plínio Corrêa de Oliveira, 2012.
Relatório da obra “PSISCOSE AMBIENTALISTA”



A Obra PSISCOSE AMBIENTALISTA deDom Bertrand de Orleans e Bragança nos traz a tona à verdade sobre a grande “falácia” do Aquecimento Global, que se iniciou no século passado e que tem se alastrado cada vez mais no mundo tendo comoinstrumento de propagação a mídia (TV, revistas, internet, etc) e grandes personalidades do mundo que vai desde pessoas publicas infiltrados na política como também atores, escritores, cientistas e atémesmo filmes HOOLIWDIANOS.

O pensador nos leva a perceber como por de traz de tudo este alvoroço ambientalista impera uma “ideologia verde”, ou seja, um comunismo disfarçado, pois sob o pretextode se preservar a natureza tal ideologia ambientalista viola gravemente o direito de propriedade privada, cerceia a produção agropecuária e impõe limites ao legitimo progresso econômico de todas ascamadas da população.

O escritor deixa claro as intenções do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas), órgão filiado a ONU que expõe suas opiniões sobre o clima mundial sem respaldocientifico com a única intenção de implantar sua ideologia nas mentes ignorantes. Muitos cientistas renomados contestam a visão catastrófica patrocinada pela ONU, no entanto tais cientistas não sãoapresentados em redes nacionais e tão pouco são levados a sério em sua pesquisas, pois as mesmas reprovam as falácia do IPCC.

Dentre os muitos cientistas e climatologistas que a ONU e o IPCCignoram quero citar aqui o Professor Luiz Carlos Baldecero Molion, formado em Física pela USP, com doutorado em Metereologia pela Universidade de Wisconsim (EUA) e pós-doutorado na Inglaterra. O mesmotambém foi diretor e pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e leciona atualmente na Universidade Federal de Alagoas (UFAL), em Maceió, onde também dirige o Instituto de Ciências...
tracking img