Psicopedagogia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4081 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Débora do amaral fagundes
ÉDMEA CRISTINA REIS FERREIRA

A IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES LÚDICAS PARA O TRABALHO DA PSICOPEDAGOGIA

Artigo apresentado à Faculdade de Ciência, Tecnologia e Educação - FACITE como requisito para a conclusão do Curso de Pós Graduação Lato-Sensu para obtenção do título de Especialista em Psicopedagogia. Sob a orientação daProfessora Sandra Tomaz de Aquino.

Santa Maria da Vitória
2011

Débora do amaral fagundes
ÉDMEA CRISTINA REIS FERREIRA

A IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES LÚDICAS PARA O TRABALHO DA PSICOPEDAGOGIA

Artigo apresentado à banca examinadora em ___/___/2011, composta pelos seguintes professores.

_____________________________

Assinatura

_____________________________

Assinatura_____________________________

Assinatura

Santa Maria da Vitória
2011

“Brincar é a maior expressão do desenvolvimento humano na infância e, por si só, é a expressão livre do que está dentro da alma de uma criança”.

Froebel

RESUMO

A educação é uma tarefa ininterrupta que extrapolao espaço e o tempo escolar, ou seja, ela não está restringida a pratica praticada na escola e na sala de aula. O ato de educar é uma ação que acontece de dentro para fora e assim deve ser vista e compreendida como algo prazeroso. No entanto, podemos perceber as diferenças entre a prática educativa na realidade e o ideal da vida. A realidade escolar se apresenta muitas vezes como uma tortura, umsacrifício tanto para quem ensina quanto para quem aprende. O que nas primeiras séries é contagiante, aos poucos vai perdendo o encanto e deixa de ser atrativo, assim, apresentar a importância das atividades lúdicas nas práticas psicopedagógicas contribuem no processo ensino-aprendizagem é a intenção deste trabalho; propor o lúdico como ferramenta alternativa na prática psicopedagógica.Palavras-chave: Educação, ensino, aprendizagem, lúdico, jogos, prática psicopedagógica.

SUMMARY
The education is a continuing task that oversteps the space and the school time, it means that, she is not limited to the practices exercised at school and in the classroom. Educate is an action inside out and as such should be seen and understood like something pleasurable. However, we are able to realizethe differences between the real world and the ideal of the school life. The school reality is presented usually as a torture, a sacrifice as much for those who "teaches" as for those who learn. Time and school space that at the beginning is contagious, gradually is losing the charm and leaves of being attractive. It presents the importance of the playful one in the trial teach-learning is theintention of this work; it proposes the playful one as alternative tool in the practical pedagogical.

Key Words: Education, teaching, learning, playful, practical pedagogical.

INTRODUÇÃO

A educação no Brasil passou de modo recente, por reformulações por ocasião da promulgação da nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB/1996), as propostas dos PCN’s e a  conseqüente divulgação das Diretrizes Curriculares Nacionais.
Estes fatos fizeram com que na década de 90 todas as escolas, de norte a sul do Brasil, discutissem o assunto. Muitos professores concordaram com tais diretrizes, outros não. O importante não foram os posicionamentos, mas a possibilidade de debates que se desencadeou e permitiu o repensar pedagógico.
Na esteira do debate, aatividade lúdica ganhou relevo e importância  como estratégia para construção do conhecimento.
 A palavra lúdica se origina do latim ludus que significa brincar. Segundo Luckesi (2000) o que caracteriza o lúdico “é a experiência de plenitude que ele possibilita a quem o vivencia em seus atos” (p. 96). A ludicidade como um estado de inteireza, de estar pleno naquilo que faz com prazer  pode...
tracking img