Psicomotricidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1335 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de agosto de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
ANHANGUERA EDUCACIONAL S.A.
Faculdade Anhanguera de Brasília
Curso de Pedagogia


Anna Laisy Bernardes de Sousa
Kamila Kaline Barroso Pêssoa
Lídia Rosa de Carvalho
Sandra Gomes da Silva
O desenvolvimento da psicomotricidade na Educação Infantil: jogos e brincadeiras
Professor(a) Orientador(a):Titulação Nome Completo
Brasília
2013



LISTA DE FIGURAS




LISTA DE TABELAS


LISTA DE SIGLAS
ABNT Associação Brasileira de Normas e Técnicas
AESA Anhanguera Educacional S.A.
TCC Trabalho de Conclusão de Curso
SUMÁRIO


1. Introdução


A educação infantil é voltada para crianças de 0 a 5 anos de idade, cabendo a essa etapa de ensino promover o desenvolvimento integral dascrianças (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional LDB 9.394/96). O foco das atividades realizadas nesta etapa abrange as dimensões cognitivas, motoras e afetivo-sociais do ser humano. Nessa perspectiva, percebe-se atualmente um grande interesse pelos temas relacionados à psicomotricidade na Educação Infantil.
Como prática pedagógica, a psicomotricidade busca estar sempre condizente com arealidade dos educandos e tem por objetivo o estudo do homem, através do seu corpo em movimento, nas relações com seu mundo interno e externo, partindo do pressuposto que o corpo é origem das aquisições cognitivas, afetivas e orgânicas (Silva, 2008).
Em outras palavras, a psicomotricidade visa o desenvolvimento global do indivíduo por meio dos movimentos corporais, contribuindo ainda para evitardistúrbios de aprendizagem. No âmbito escolar, principalmente nas séries iniciais, se apresenta como proposta de estímulo às vivências corporais e desafios. Neste sentido, uma ferramenta importante para esses oferecer estímulos na educação infantil, e que merece especial atenção por parte dos pedagogos, é o jogo/brincadeira.
No processo educacional, a utilização de jogos é sugerida comofacilitadora para a aprendizagem e para o desenvolvimento da criança. Por meio de brincadeiras espontâneas ou dirigidas, as crianças aprendem e absorvem as competências necessárias para o seu desenvolvimento (Gomes, 2007)
Segundo Gomes (2007) “Pelo jogo a criança desenvolve possibilidades emergem de sua estrutura particular, concretiza as potencialidades virtuais que afloram sucessivamente à superfíciede seu ser, assinala-os e as desenvolve, une-as e as combina, coordena seu ser e lhe dá vigor”.
Apesar da destacada importância do brincar para a criança, é importante notar que em função de diversas mudanças na sociedade atual, a forma como os jogos/brincadeiras se manifestam nas crianças tem passado por modificações. Envolvidas por novas tecnologias e jogos eletrônicos e atingidospor questões como a violência das cidades e a falta de tempo dos pais, parece que as crianças têm brincado com jogos mais individuais e menos ativos. Por este motivo, a escola é um espaço importante para proporcionar atividades que de fato visem o desenvolvimento integral das crianças. Assim, é válido conhecer como as práticas psicomotoras estão sendo trabalhadas na Educação Infantil, Estudar nainfância somente o crescimento, o desenvolvimento das funções sem considerar o brinquedo, seria negligenciar este impulso irresistível que a criança tem pelo lúdico.
Oliveira (1997) postula que é pela motricidade e pela visão que a criança descobre o mundo dos objetos e é manipulando-os que ela redescobre o mundo; porém, esta descoberta a partir dos objetos só será verdadeiramente frutíferaquando a criança for capaz de segurar e de largar, quando ela tiver adquirindo a noção de distância entre ela e o objeto que ela manipula, quando o objeto não fizer mais parte de sua simples atividade corporal indiferenciada; e isto só pode acontecer a partir da prática frequentes de atividades que o exija.
A prática permanentemente renovada de respostas repetidas (movimentos reiterativos de...
tracking img