Psicologo na sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1795 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Psicólogo e Comunidade: uma relação possível
A Inserção pressupõe que , necessariamente, estejamos falando de uma relação que se estabelece entre dois pólos.
De um lado, o psicólogo, com os instrumentais que adotou com recursos para seu trabalho, com a sua visão de mundo de homem. De outro , comunidade, setores da população, com sua dinâmica e características próprias inseridas em um contextosócio-político-geográfico, vivendo em um tempo histórico determinado.Essa comunidade vive pressões e desafios das mais diferentes naturezas, tendo ou não clareza concreta disto, muitas vezes influencia e apresenta limitações e desafios ao cenário ideológico dominante, quando, tenta sobreviver e resistir na sua luta cotidiana.
Tanto o profissional como a comunidade, podem ter “modos de ação”diferentes, visões de mundo nem sempre coincidentes e conciliáveis.

Modos de Intervenção: Preocupações
a) Houve um tempo, especialmente na década de 70, em que os profissionais inseriram-se nos bairros de periferia e nas favelas, tentando negar a sua origem cultural e de classe.Era importante colaborar para a organização e mobilização dos setores oprimidos.Tratava-se de uma inserção guiada por umapreocupação de que o trabalho estivesse voltado para a militância e participação políticas.
b) Houve, e continua vendo, uma forma de se inserir com apelos a um trabalho de caridade, voltado para os mais desfavorecidos. A maneira de contatar, entrar e conhecer a população reveste-se da necessidade de serem oferecidos vários serviços, como alguma forma de atendimento psicológico mais acessível ougratuito, para a melhoria das problemáticas das pessoas.

De um lado, estaria a população que necessita de tratamento e/ou orientação psicológica e, de outro , o psicólogo oferecendo sua ajuda, preocupado em implantar serviços e estratégias psicológicas, para que a população melhore, se adapte, às exigências societais ou que, pelo menos, minimize seus problemas e sofrimentos.
c) Uma outra formade inserção guiada pela curiosidade em conhecer esse ser estranho: O distanciamento das instituições de formação, de um lado, e os clamores e necessidades sociais, de outro, temáticas e problemáticas vividas por grandes parcelas da população, precisavam ser conhecidas e tornadas objetos de investigação.Universitários das ciências humanas e sociais passaram a caminhar nos bairros populares fazendoentrevistas, questionários, aplicando escalas e vários outros instrumentos.A inserção acontece com uma preocupação e curiosidade científica.
d) Inserção orientada pelo compromisso de que o trabalho deve possibilitar mudança das condições vividas cotidianamente pela população e esta é que estabelece os caminhos e aponta as suas necessidades. As problemáticas para a ação definem-se conjuntamente,construindo-se muitas vezes instrumentais para aquela realidade em questão. Trata-se de uma inserção que se dá na dependência da avaliação da população, comprometendo-se com a possibilidade de mudança social.

Modos de Intervenção: objetivos norteadores
Além das preocupações em relação ao tipo de vínculo a ser estabelecido com a comunidade , a inserção tem se caracterizado, também pelo fato dotrabalho apresentar ou não objetivos definidos e claros.
A inserção tem acontecido de maneiras diferentes:
1. Objetivos, motivos e preocupações que orientam o psicólogo antes de conhecer e contatar a realidade que pretende trabalhar. Inserção orientada por objetivos de trabalho definidos a priori.
2. O contato e entrada do psicólogo na comunidade acontecem orientados pelas necessidades que apopulação vive, sendo portanto os objetivos norteadores do trabalho definidos a posteriori.
2.1 há uma forma de inserção em que, após conhecer, levantar, descrever e caracterizar as necessidades da população e sua dinâmica de vida, o psicólogo decide, sim, a posteriori, o que fazer, porém sem a discussão e participação da população nesse processo, e
2.2 há outra, em que a definição do quê e...
tracking img