Psicologo criminal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1578 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Relatório Individual

Seminário Pós-Laboral: 5 Junho 2012

Docente: Professora Doutora Regina Tralhão Farate Discente: Joana Patrícia Ferreira Baptista Nº 8303

Ética e Deontologia: Para uma prática profissional responsável: quando o agir é ser Psicologia Prisional: Dr.ª Dulce Pires, Psicóloga área de clínica e aconselhamento

O presente relatório tem por fim, a realização de umareflexão sobre algumas questões na Psicologia, no contexto da Ética, no que refere à prática da psicologia no contexto da realidade prisional e internamento. Pelas mais variadas razões o ser humano estereotipa, o sujeito que praticou algum comportamento desviante, de forma negativa o que poderá desencadear situações de desconforto. A Psicologia depara-se com diversas formas de fragilidades que interferemcom a estrutura individual do indivíduo assim como com as do seu sistema familiar. Relativamente à Psicologia criminal, esta área da Psicologia apresenta-se estreitamente ligada aos tribunais e consequentemente vertente das leis. A prática clínica neste contexto procura elaborar a história de vida do indivíduo. Dá-se ainda a recolha de informação relevante ao nível o foro psicológico, para queseja possível eventualmente detectar o factor desencadeador do ato delituoso. Tendo como principal objectivo, com todo esse conjunto de informações pertinentes poder gradualmente começar a intervir, por forma a proceder à adequação da terapia. A prática clínica a este nível de intervenção desenvolve-se, em tribunais, centros de acolhimento para menores com comportamentos de risco, instituiçõesprisionais entre outras. No que respeita às instituições prisionais e nomeadamente no contexto prisional, tomámos conhecimento, de está rodeado por um ambiente de avolumada desconfiança, hostilidade, retirada social e foco em si próprio, padrões adaptativos de comportamentos esperados neste contexto. É prática corrente a existência de um comportamento protector e um consequente afastamento entrereclusos, devido eminente à falta de confiança. Alguns dos estudos, revelam-nos como Sintomatologia e Personalidade Indivíduo Recluso, uma existência de Perturbações relacionadas com substâncias, estudos realizados fora de Portugal, apresentam entre 10% a 90%, já a nível nacional a percentagem é de 40 a

70%. As perturbações de humor, podem apresentar-se através da depressão, ansiedade. Em grandeparte dos casos, deve-se ao facto do indivíduo estar sujeito à privação da liberdade, a situações de violência e vitimação, nesta vertente, os resultados de alguns estudos apresentam valores que vão de 10% a 43%. Na vertente das perturbações da Personalidade, fazem parte integrante, a Perturbação Anti-Social que apresenta uma percentagem superior a 50%, no que respeita à Perturbação Narcísica,deparamo-nos com resultados entre 1 e 10% e em contraponto com alguns valores a rondar os 40 e70%, relativamente à Perturbação do Estado Limite as percentagens variam entre os 3,1 e os 69%. Na situação destes indivíduos, existe uma forte probabilidades que diagnósticos comórbidos, onde para além das possíveis perturbações de personalidade, existe uma forte possibilidades sofrer em comorbilidadesda perturbação aditiva. Relativamente à situação de Avaliação de Risco e a Ética e Deontologia, na situação específica dos reclusos, deparamo-nos com algumas situações limite, intenção suicida/homicida. O Suicídio em Contexto Prisional, segundo as informações fornecidas, de 1999 a 2004: por cada suicídio na população em geral ocorrem 14 suicídios efectivos nas prisões. Os métodos utilizados maisfrequentemente utilizados, são enforcamento com lençol ou com o cinto fixo à grade da cela. Existem também situações onde o "comportamento suicida", pode ter como objectivo, o de chamar meramente à atenção, sendo este designados como comportamento manipulativo. Podemos dizer, ainda no mesmo contexto, mas na vertente da ideação suicida, que se trata de algo não apenas característico de pessoas...
tracking img