Psicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1010 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNORTE - FACULDADES INTEGRADAS DO NORTE DE MINAS
CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO - NOTURNO

PSICOLOGIA EM CONSTRUÇÃO (SÓCIO – HISTÓRICO)







ORIENTADOR: | PROF: LEONARDO FINELLI |
| |
ACADÊMICO: | ANA ARACELLY OLIVEIRADJENANE DIASFRANCIANE DA SILVAMAYRA AQUINONAYARA DALIANNEVANESSA BRANT |MONTES CLAROS – MG
NOVEMBRO/2012

FUNORTE - FACULDADES INTEGRADAS DO NORTE DE MINAS
CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO - NOTURNO

PSICOLOGIA EM CONSTRUÇÃO (SÓCIO – HISTÓRICO)

Trabalho apresentado à disciplina PSICOLOGIA, 4º período do curso deAdministração das Faculdades Integradas do Norte de Minas – FUNORTE como cumprimento de tarefa avaliativa.

Trabalho apresentado à disciplina PSICOLOGIA, 4º período do curso de Administração das Faculdades Integradas do Norte de Minas – FUNORTE como cumprimento de tarefa avaliativa.

MONTES CLAROS – MG
NOVEMBRO/2012
Introdução:
A elaboração do trabalho tem por meta, fazer um estudo sobre apsicologia sócio – histórica, onde a teoria psicológica construída por Vigotski rompe com as correntes até então estruturadas e parte para uma nova concepção de realidade e de homem.
Abordaremos a visão do ser humano reconhecido no modelo, as características principais da teoria, a proposta interventista do modelo e como as informações teóricas podem ser utilizadas pelo administrador.

Buscandoconstruir uma psicologia que superasse as tradições positivistas e estudasse o homem e seu modo psíquico como uma construção histórica e social da humanidade Vigotski formula essa nova abordagem teórica que só ganharia importância nos anos 70, para ele a caracterização do mundo está diretamente ligada ao mundo material e as formas de vida que os homens vão construindo, sendo assim o mundo psíquicoque temos hoje não foi nem nunca será sempre assim.
A teoria sócio cultural do psiquismo humano de vigotski conhecida também como abordagem sócio interacionista tem como principio as funções psicológicas dos indivíduos, classificando de elementares e superiores para explicar o objeto de estudo da sua psicologia: a consciência
Ele observou que o ponto de partida são as estruturas orgânicaselementares, determinadas pela maturação, nessa perspectiva, o processo de desenvolvimento segue duas linhas diferentes em sua origem: um processo elementar, de base biológica e um processo superior de origem sociocultural. Partindo da concepção de que todo organismo é ativo e estabelece contínua interação entre as condições sociais, que são mutáveis.
As funções psicológicas elementares são de origembiológica, estão presentes nas crianças e nos animais, caracterizam pelas reações imediatas e sofrem controle no ambiente externo, em contrapartida, as funções psicológicas superiores são de origem social, estão presentes somente no homem, caracterizam-se pelas intencionalidades das ações.
No Brasil a psicologia sócia histórica tem se constituído, pela crítica a visão liberal de homem, onde temosideias como:
* Uma relação de antagonismo entre o homem e a sociedade, em que esta se faz eterna a oposição dos anseios que seriam naturais do homem.
* O homem visto como ser autônomo, responsável pelo seu próprio processo de individualização.
A teoria então, entende que essas concepções liberais construíram uma ciência na qual o mundo psicológico foi completamente deslocado do camposocial e material.
Em contrapartida, os teóricos da psicologia sócio - histórica, buscam construir uma concepção alternativa á liberal.
Como alguma ideia fundamental dessas ideias alternativas tem-se:
* Não existe natureza humana – Esta ideia está ligada á visão de indivíduo autônomo, que também não é aceita na psicologia sócio - histórica.
* Existe a condição humana – A partir de uma...
tracking img