Psicologia e saude

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3459 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PSICOLOGIA DA SAÚDE: A ESTRUTURAÇÃO DE UM NOVO CAMPO DE SABER MARY JANE PARIS SPINK Falar da Psicologia da Saúde como novo campo de saber parece ser, à primeira vista uma temeridade. Afinal, os aspectos psicológicos da saúde/doença vêm sendo discutidos desde longa data e os psicólogos já há muito tempo vêm marcando presença na área da saúde mental. Entretanto, mudanças recentes na forma deinserção dos psicólogos na saúde e a abertura de novos campos de atuação vêm introduzindo transformações qualitativas na prática que requerem, por usa vez, novas perspectivas teóricas. É isto, pois, que nos permite afirmar que estamos defrontando com a emergência de um novo campo de saber. Partimos, assim, da constatação que a Psicologia, em um primeiro momento, entra para o rol das profissões ditas “dasaúde” através da aplicação de um know how técnico – derivado da experiência clínica – sem a contrapartida do questionamento desta transposição de técnicas de uma esfera para outra. Aos poucos, entretanto, o saber acumulado na prática, a necessidade de contextualizar esta prática e a própria ampliação no número de psicólogos envolvidos nesta área determinam o surgimento de condições apropriadaspara a estruturação de uma Psicologia da Saúde. Campo esse que, por situar as questões da saúde na interface entre o individual e o social, configura-se como uma área da Psicologia Social. É esta contraposição entre o saber psicólogico especificamente voltado às questões da saúde/doença e a prática psicológica nesta área que será o objeto da reflexão empreendida neste texto. A Psicologia emboraintimamente relacionada com o conceito de saúde (definida pela Organização Mundial da Saúde como o bem-estar físico, mental e social), como disciplina, chega tardiamente à área da saúde. Temos, atualmente, uma Sociologia da Saúde, uma Antropologia da Saúde e, até mesmo, uma Economia da Saúde com campos bem delimitados e uma vasta produção científica, e com atuação bem definida nos departamentos deMedicina Social e Preventiva das escolas médicas. A Psicologia chega tarde neste cenário e chega “miúda”, tateando, buscando ainda definir seu campo de atuação, sua contribuição teórica efetiva e as formas de incorporação do biológico e do social ao fato psicológico, procurando abandonar os enfoques centrados em um indivíduo abstrato e a-histórico tão freqüentes na Psicologia Clínica tradicional. APsicologia – ao contrário das outras disciplinas mencionadas - tem aplicações práticas na área da saúde e a emergência da Psicologia da Saúde, como campo de saber, está intimamente relacionada com as transformações que vêm ocorrendo na inserção do psicólogo na saúde. Até recentemente o campo de atuação da Psicologia se resumia a duas principais dimensões: em primeiro lugar, as atividades exercidasem consultórios particulares, restritas a uma clientela derivada de classes mais abastadas. Uma atividade exercida de forma autônoma, como profissional liberal, e, de forma geral, não inserida no contexto dos serviços de saúde. A Segunda vertente compreendia as atividades exercidas em hospitais e ambulatórios de saúde mental. Atuação essa que, até recentemente, estava subordinada aos paradigmas daPsiquiatria sendo desenvolvida dentro do enfoque, então predominante, de internação e medicação. Havia, é claro, formas alternativas de inserção. Na área clínica, o trabalho desenvolvido por algumas clínicas-escola junto a comunidades, trabalhando com segmentos

menos privilegiados da população, possibilitou uma reflexão sobre o conceito de saúde mental e a contribuição potencial da Psicologia.Nos demais serviços de saúde, embora com participação incipiente, o trabalho conjunto com médicos e outros profissionais em hospitais e consultórios permitiu aperfeiçoar técnicas de diagnóstico e intervenção. Haja vista o grande desenvolvimento das técnicas comportamentais, por exemplo, o biofeedback, englobadas pelo termo genérico de Medicina Comportamental. Mas, de maneira geral, esses...
tracking img