Psicologia prevenção

Páginas: 12 (2840 palavras) Publicado: 4 de maio de 2011
A FAMÍLIA NA NOVA ECONOMIA PSÍQUICA Telma Corrêa da Nóbrega Queiroz e José Roberto de Almeida Correia A família em suas origens é um grupo unido por uma relação biológica, que gera filhos, que se desenvolvem e formam novas famílias. É preciso, portanto, duas famílias para constituir uma nova, uma que fornece o homem, o pai, e outra que fornece a mulher, a mãe, que vão se unir por uma aliança, ocasamento, tendo se tornado uma instituição social. Caracteriza-se por um desenvolvimento particular das relações sociais e por uma subversão dos instintos, constituindo a cultura, dimensão específica da família humana. As instancias culturais dominam as naturais podendo mesmo substituí-las, como por exemplo, na adoção. A família desempenha um papel essencial na transmissão da cultura e na educaçãoque reprime os instintos e organiza as emoções e os sentimentos. Pela família se estabelece a continuidade psíquica entre as gerações. A sua estrutura hierárquica, com domínio do adulto sobre a criança, está na base da formação moral. Desde as origens, quer ela seja matriarcal ou patriarcal, interdições e leis regem seu funcionamento. Essas leis se transmitem pela função paterna. Em sua formaoriginal, a instituição família repousa numa diferença anatômica. Foi baseado na dissimetria da situação dos dois sexos que Freud formulou sua teoria sobre a família. Ele descobriu que a repressão sexual, a determinação do sexo psíquico e especialmente as interdições que têm por objeto o comércio sexual entre os membros da família, estão relacionadas com o drama universal do Édipo. É pelo Édipo que osujeito descobre a diferença sexual e assume uma sexualidade, renunciando à outra. É pelo Édipo que a criança interioriza a interdição do incesto e faz a distinção entre as
1

gerações, pois as relações sexuais, além de serem proibidas entre pessoas da mesma família, são também proibidas entre adultos e crianças, entre pessoas de gerações diferentes. Falar de Édipo é introduzir a questão dopai e conseqüentemente a do falo, objeto do recalque freudiano. O falo implica a assunção pelo homem de seu sexo. É considerado um elemento simbólico, significante ao qual se liga o desejo da mãe. Lacan chamou de Nome-do-pai a substituição metafórica que sustenta a função paterna. Pela metáfora paterna o pai é situado como representante da lei. A lei é promovida no discurso da mãe, pela importânciaque ela dá à fala do pai, personagem que ela introduz para a criança como sendo o homem que ela ama, o homem para quem dirige o seu amor. A função paterna proíbe o incesto, introduz um corte na indissociação mãe-filho, permitindo assim o surgimento do sujeito. Mas essa lei só pode ser interiorizada pela criança se ela for amada e respeitada pelo adulto que a transmite, quer dizer, se o adultotambém estiver submetido à lei. Lacan observa que em conseqüência da subversão instintiva específica da ordem humana, se constituem na instituição familiar certas estruturas fundamentais mais ou menos estáveis, com infinitas variações da cultura. Ele cita três dessas estruturas, que são o complexo de desmame, o complexo de intrusão e o complexo de Édipo. O próprio Lacan já tinha observado, que essasestruturas vêm sofrendo modificações tendo chegado ao que atualmente se pode chamar uma verdadeira mutação cultural. A maior parte dessas modificações parece estar ligada ao declínio social da imago paterna, ao declínio da transmissão das leis, o que parece estar ligado aos efeitos do progresso científico e social. Esse declínio, segundo Lacan, constitui uma crise psicológica que estaria mesmo naorigem do surgimento da psicanálise. Nós vamos retomar essas três estruturas estáveis das quais fala Lacan nos Complexos familiares e verificar que modificações foram introduzidas nelas pelo progresso e pela mutação cultural.

2

O desmame Lacan já considerava o complexo de desmame particularmente difícil de ser sublimado. Nos tempos atuais a separação entre a mãe e a criança é ainda mais...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • psicologia do delito prevenção e tratamento
  • A psicologia e a prevenção em acidentes de trânsito
  • A psicologia e a prevenção de acidentes
  • A psicologia e a prevenção de acidentes
  • A PSICOLOGIA NA PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRANSITO SOBRE O EFEITO DO ÁLCOOL
  • Psicologia escolar na educação infantil atuação e prevenção em saúde mental
  • Intervenção interdisciplinar para prevenção de diabetes mellitus sob a perspectiva da psicologia
  • Comportamento seguro

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!