Psicologia organizacional e do trabalho e gestão de empresa familiar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1626 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Psicologia organizacional e do trabalho e gestão de empresa familiar

Diante do contexto histórico do surgimento da psicologia organizacional e do trabalho cabe ressaltar que a psicologia do trabalho emancipou-se da psicologia geral na seqüência do desenvolvimento da ciência psicológica. Segundo Zanelli (2004) tal emancipação é marcada pelo contexto histórico-social vivenciado na época:primeira e segunda guerra mundial, revolução industrial, taylorismo etc. Não obstante, como coloca o mesmo autor, à partir da década de 30 foi sendo implementado no Brasil instituições ligadas à organização do trabalho; em 1950, surgiu, efetivamente, a Psicologia Industrial e do Trabalho vinculada ao âmbito acadêmico mas com características acentuadas ao incremento do desenvolvimento industrial, observaZanelli (2004).
O mesmo autor coloca que a definição da área, hoje Psicologia Organizacional e do Trabalho, tem passado por diferentes concepções, como por exemplo, na Psicologia Industrial os psicólogos voltavam-se apenas para os acontecimentos intra organização, recentemente passou-se a enfatizar não só as relações extra organização, mas o contexto imediato do trabalho, a organização e seuambiente externo. Acresce-se a isso fatores associados ao comportamento das pessoas que trabalham na organização derivando daí, o que Zanelli (2004) define como Psicologia Organizacional.
Ainda o mesmo autor enfatiza a interação das características do trabalhador, a natureza do trabalho, estrutura organizacional e o ambiente externo, acrescentando que a Psicologia pode ser empregada na buscaemancipatória ou opressora, na organização ou em qualquer outro lugar, com isso a atuação do profissional busca a reflexão dos fenômenos vivenciados na empresa intervindo de modo que a ação seja pautada numa compreensão geral de todo âmbito organizacional.
Diante do contexto acredita-se que a Psicologia é uma ciência em movimento, ou seja, a teoria psicológica procura desempenhar diante das mudançassociais, uma prática capaz de lidar com problemas emergentes das mudanças sociais e econômicas.
Introduzimos essa descrição para ressaltar que uma das vértices da Psicologia que parece estar em constante movimento é a Psicologia do Trabalho, como descreve Sampaio (1998), a disciplina já enfrentou pelo menos três momentos distintos em seu desenvolvimento; inicialmente como Psicologia Industrialdesenvolveu-se teorias e aplicações voltadas ao aumento da produtividade do homem em postos de trabalho num contexto taylorista-fordista, posteriormente a Psicologia Organizacional desenvolveu instrumental teórico e prático que permita repensar as estruturas organizacionais, visando outrossim o aumento da produtividade e da satisfação do trabalhador, e por fim, atualmente como Psicologia do Trabalho aatuação do profissional se volta à saúde mental do homem que trabalha e as dimensões esquecidas, como significado e relações do trabalho.
Sampaio (1998) ressalta que apesar da inércia quanto à atuação de alguns profissionais no qual a prática baseia-se unicamente numa ação ao tripé clássico que são as atividades ligadas ao recrutamento, seleção e treinamento, alguns profissionais da área estãoconscientes do papel mais amplo que a psicologia vem sendo convidada a desempenhar diante das mudanças recentes na concorrência entre os capitais nacional e internacional, e perante a revolução tecnológica.
De acordo com Zanelli (2004) a formação e a atuação do psicólogo na realidade brasileira tem sido objeto de constante estudo. De acordo com o autor, a medida em que o número de psicólogos aumentacresce a investigação acerca do processo de atuação, com isso verifica-se que a situação de exercício profissional denota certo desajuste no modo de atuar de alguns profissionais. Segundo o mesmo autor, desde o surgimento dos primeiros cursos de Psicologia, a partir de 1964, poucas alterações foram realizadas no processo formativo dos profissionais de Psicologia; a nítida preferência do...
tracking img