psicologia no Brasil seculo XX

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2686 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A psicologia no Brasil no século XX

Este texto foi elaborado com base em pesquisas em historia da psicologia no Brasil;sua finalidade é expor um panorama do século XX, enfocando realizações que marcaram o processo que culminou com a regulamentação da profissão de psicólogo e em seu desenvolvimento como ciência e profissão.Ha que se registrar a carência de pesquisas que aprofundem a analisehistórica da psicologia neste século.
Esse período pode ser considerado como aquele em que se processa a conquista da autonomia da psicologia como área de conhecimento no Brasil.A partir da década de 1930 verifica-se uma intensa produção na área , que se amplia e se diversifica em diferentes abordagens e campos de atuação. Esse período pode ser considerado como aquele em que se da a consolidaçãoda psicologia como ciência e como profissão no Brasil.
Após a aprovação da lei n.4.119/62,tendo sido a psicologia reconhecida como profissão, são criados seus primeiros cursos regulares. Nesse momento é potencializada a expansão que já vinha anteriormente ocorrendo, sobretudo pelo aumento de cursos ocasionado pela reforma universitária de 1968.Nesse período concretizou-se a profissionalização dapsicologia Aos poucos ela conquistaria a condição de área especifica de conhecimento.Concorrem para a concretização desse processo fatores de ordem interna, como o incremento das preocupações com o fenômeno psicológico em outras áreas de saber e o reconhecimento da psicologia como ciência autônoma na Europa e nos Estados Unidos, assim como fatores de ordem externa , como as transformações dasociedade brasileira e seus velhos e novos problemas, que demandavam , por sua vez, novos conhecimentos e possibilidades de intervenção.
Em 1890 a Reforma Benjamin Constant, de cunho positivista, transformou a disciplina Filosofia em Psicologia e Logica; Mais tarde, isso se desdobraria na introdução das disciplinas Psicologia e Pedagogia nas Escolas Normais.
Em 1906 foi ai criado o primeirolaboratório de psicologia no Brasil planejado por Binet em Paris,com a colaboração de Manoel Bomfim, que dirigiu esse centro por cerca de quinze anos.Bomfim considerava o psiquismo como um fenômeno de caráter histórico social, devendo ser estudadosegundo método interpretativo.
Outros laboratórios foram criados em escolas normais, principalmente vinculados as denominadas reformas estaduais da educaçãodos anos 20, realizadas por aqueles que personificaram os primeiros profissionais da educação no Brasil, dentre os quais alguns dos pioneiros da psicologia,como Lourenço Filho e Isaias Alves. Essas reformas seguiam fundamentalmente os princípios da escola nova, tendo a psicologia como um dos principais sustentáculos para a pratica pedagógica, envolvendo estudos sobre desenvolvimento infantil,processos de aprendizagem, relações entre professores e alunos, alem de dar inicio ao emprego de técnicas oriundas da psicologia, como os testes pedagógicos e psicológicos, utilizados como instrumentos de racionalização da pratica educativa .Dentre outras destacam-se as escolas normais de São Paulo, Fortaleza, Salvador, Recife, e Belo Horizonte.
As escolas normais foram pois essenciais para odesenvolvimento da psicologia e certamente protagonistas de primeira grandeza no processo de autonomização da psicologia no Brasil. Sua tarefa consistiu em divulgar e difundir o conhecimento psicológico produzido na Europa e nos Estados Unidos por meio do ensino, da produção de obras e da vinda de importantes psicólogos estrangeiros.Foram importantes pela produção de pesquisas;pela formação deprofissionais que viriam a fazer parte do grupo de pioneiros da psicologia;pela introdução dos conhecimentos da área em intervenções praticas e por terem sido o alicerce para a introdução da psicologia como matéria do ensino superior.
Dando sequencia as tendências do século XIX, as faculdades de medicina(Bahia e Rio de Janeiro) e os hospícios foram as principais fontes medicas de produção de ideias...
tracking img