Psicologia na comunidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1398 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PSICOLOGIA NA COMUNIDADE

 Psicologia na Comunidade é uma expressão relativamente nova em nosso meio. Nela, a palavra comunidade vem sendo usada para designar a instrumentalização de conhecimentos e técnicas psicológicas que possam contribuir para uma melhoria na qualidade de vida das pessoas e grupos distribuídos nas inúmeras aglomerações humanas que compõem a grande cidade.
 É um nome queprocura captar um movimento da Psicologia atual de paulatino distanciamento do seu lócus tradicional.
 É um movimento de aproximação do cotidiano das pessoas principalmente nos bairros e instituições populares onde a grande parcela da população vive, organiza-se e cria seus canais de expressão.
 Essa busca de inserção da Psicologia na Comunidade parte da descoberta de que, nessas situações elugares, a presença ativa dos conhecimentos psicológicos tem sido pouco freqüente.
 É desse contato também que a Psicologia enquanto ciência procura renovar-se nos seus conteúdos, metodologia e técnica, tornando-se mais próxima de uma verdadeira Psicologia Social.
 A Psicologia na Comunidade não foi criada para designar uma nova Escola de Psicologia nem uma nova teoria ou um novo “ismo” demoda. Representa uma guinada para uma nova forma de pensar e praticar a Psicologia, distinta da tradição dominante ate o final dos anos 50 deste século.
 A Psicologia dos anos 50 isolava-se demais dos problemas coletivos do homem contemporâneo, encerrando-se numa torre de cristal da discussão meramente acadêmica e do atendimento a poucas pessoas da elite econômica. Pouco se preocupava por definiruma atuação das ciências sociais úteis para nossa época.
 As correntes mais antigas definiram Psicologia Social como estudo de comportamentos instintivos: gregários, agressivos ou outras condutas e emoções ligadas a fatores genéticos e hereditários, e isoladas do contexto social mutável em que sempre reaparecerem.
 Em contraposição a essa corrente instintiva, surgiram os experimentalistas,principalmente americanos, atomizando o estudo dos comportamentos sociais através do esquema S-R abstrato e vazio do conteúdo social.
 Essas tendências mais antigas da Psicologia Social, que hoje são consideradas quase a-sociais, duraram mais de meio século, com exceção talvez de um outro autor, como Kurt Lewin. Só nos anos 70 é que essa Psicologia se considera em crise como construção especifica deum saber próprio e busca numa reaproximação ás ciências histórico-sociais, sua nova maneira de trabalhar o social em Psicologia.
 Esse postulado de neutralismo já tinha sido derrotado pela constatação de que a ciência, enquanto construção histórica e social, não e neutra nas suas motivações nem na escolha de seu objeto de estudo. Não e neutra nas suas alianças com as forças econômicas epolíticas atuantes na Sociedade.
 A Psicologia na Comunidade pretende aproximar-se das classes populares, ajudando-as na conscientização de sua identidade psicossocial de classes submissas e dominadas, como primeiro passo para uma superação dessa degradante situação de submissão.
 Surgindo numa época em que a interdisciplinaridade das ciências sociais e humanas e valorizada a Psicologia na Comunidadeprocura difundir-se através do trabalho do psicólogo e de outros profissionais envolvidos com trabalho educativo e social.
 Mostra para o psicólogo o que se pode fazer em prol da conscientização e da redescoberta do valor dos indivíduos submetidos a processos seculares de dominação e alienados de sua própria cultura.
 Articula as forças vivas de resistência, de reação, crescimento e libertaçãodos grupos sociais populares.
 A Psicologia na Comunidade devera assim colocar os recursos da Psicologia em prol do processo de libertação.
 Para a Psicologia na Comunidade, o impulso de sair dos consultórios e das gerencias das empresas e ir para os bairros populares, e sua opção maior por indivíduos e grupos das classes populares, ao invés da clientela tradicional da classe alta,...
tracking img