Psicologia juridica

Páginas: 5 (1181 palavras) Publicado: 23 de maio de 2013
Psicologia Jurídica

1) Escreva, em um parágrafo, sobre o histórico das Casas Prisionais.
2) O que regulamenta o artigo 5º da LEP?
3) Em quais planos a individualização da pena se desenvolve?
4) Do que se trata o plano administrativo ou executivo?
5) Fale sobre os exames previstos na LEP e quais os objetivos de cada um.
6) De acordo com o texto, quais as características da maioria dospresos?
7) Qual característica de personalidade comum aos presos que se evidencia nos presídios?
8) Quais são as características de um pessoa portadora de transtorno Anti Social de Personalidade?
9) Quais são as características do transtorno Narcisista de Personalidade?
10) O que é o tratamento Penal, qual seu objetivo e como deve ser o programa básico?
11) A autora do texto propõe açõesvisando melhorias para o oferecimento de um tratamento penal adequado, quais são essas ações e quais outras você sugere?
Respostas
1-Nas varas de família e sucessões, os casos envolvem separação (consensualou litigiosa )com ou sem disputa de guarda de filhos menores, divorcio (consensual ou litigioso)com ou sem disputa de guarda de filhos menores ,regulamentação de visitas ,modificação de guarda,pensão alimentícia e investigação de paternidade, e o trabalho do psicólogo se restringe a avaliação e elaboração do laudo para determinar qual e o genitor mais adequado para cuidar da criança ou adolescente , e qual a melhor maneira de se instituir visitas ,sem prejudicar ainda mais os já deteriorados laços familiares.
2-Efetiva-se na avaliação e elaboração do laudo, para determinar qual genitor’’mais adequado ‘’para cuidar da criança/adolescente, e qual a melhor maneira de se instituírem visitas sem prejudicar ainda mais os já deteriorados laços familiares.
3- Nas Varas de Família e das Sucessões dos Foros Regionais e dos Tribunais de Justiça estaduais, priorizam-se casos em que há filhos envolvidos (direta ou indiretamente) nas relações processuais. Isso porque, como membro da famíliaafetivamente mais sensível, a criança percebe mais facilmente os efeitos nocivos de uma desestruturação familiar, e por esse motivo sofre os maiores prejuízos emocionais e comportamentais.
4-Derivam da estrutura de personalidade de casa um dos ex-cônjuges (adquiridas nas formações familiares de origem)e da maneira como ambos constroem a relação familiar.
5-A motivação para escolha do parceiro é emgeral inconsciente. Raramente fogem de respostas banais, quando no máximo ,exaltam as boas qualidades do individuo amado.Mas esses conteúdos inconscientes originários dos relacionamentos da infância , são os que realmente atuam como ímã na eleição do parceiro e o estabelecimento e eleição do contrato secreto do casamento,uma vez que apresentam padrões repetitivos de comportamento, derivados dasprimeiras etapas do desenvolvimento das figuras parentais .
6-Trata-se do encaixe de aspectos doentios de ambas as personalidades, que se efetivam na escolha inconsciente do parceiro pressupondo um ajuste , como se cada um dos parceiros procurasse no outro , aspectos que não conseguiu desenvolver em si mesmo ou, por outo lado justamente aquela dificuldade que também possui ,para ambos seprotegerem do objeto temido.
7-E um jogo inconsciente estabelecido entre os cônjuges, que se desenvolve desde a eleição do parceiro e se aprofunda na relação conjugal, em cujo contexto os conflitos são constantemente repetidos.
8-São quatro os conceitos modulares:
*Conclusão narcisista-um dos parceiros busca ser adorado e idealizado por alguém que não teme perder a identidade nem abandonar as suaspróprias aspirações ;o outro parceiro (narcisista complementar)deve renunciar a si mesmo e entregar-se totalmente ao primeiro.
*Colosão oral-um dos parceiros deve ter disposição de ajudae cuidado inesgotáveis e incondicionais , para satisfazer as necessidades (orais) do outro ,que deve abdicar de qualquer pretensão de ajuda a si próprio.
*Colosão anal-sádica-essa relação envolve jogos de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Psicologia juridica
  • Psicologia Jurídica
  • psicologia juridica
  • Psicologia Juridica
  • Psicologia jurídica
  • Psicologia Juridica
  • psicologia juridica
  • Psicologia juridica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!