Psicologia juridica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2355 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA – UNISUL
Campus/Unidade: Norte da Ilha
Curso: Direito
Período: 10 º
Disciplina: Psicologia Jurídica
Professora: Dâmaris Silva
Alunos: Felippe Silveira do Nascimento

Estudo de caso real e comparação com o conteúdo estudado.

O massacre de Realengo – RJ
A seguir faremos um breve relato de um crime que ocorreu na cidade do Rio de Janeiro que chocouo país no ano de 2011. Estudaremos o que motivou a ação desse assassino, quais as consequências e o que foi relatado no inquérito policial, destacando vários pontos de vista a respeito da psiquiatria forense, e por fim iremos abordar uma comparação com o conteúdo desenvolvido em sala de aula.
Massacre de Realengo refere-se ao assassinato em massa ocorrido em 7 de abril de 2011, por volta das8h30min da manhã, na Escola Municipal Tasso da Silveira, localizada no bairro de Realengo, na cidade do Rio de Janeiro. Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, invadiu a escola armado com dois revólveres e começou a disparar contra os alunos presentes, matando doze deles, com idade entre 12 e 14 anos. Oliveira foi interceptado por policiais, cometendo suicídio.
O Assassino
Wellington erafilho adotivo de Dicéa Menezes de Oliveira, o caçula de cinco irmãos e foi adotado ainda bebê. Sua mãe biológica sofria de problemas mentais e chegou a tentar se matar. É descrito por familiares e conhecidos como um rapaz calado, tímido, introspectivo, que não se metia em problemas nem desrespeitava regras. Sua mãe adotiva, que morreu em 2010, era testemunha de Jeová, Wellington também chegou afrequentar a religião. Era uma pessoa calada, tímida e passava boa parte de seu tempo navegando na internet.
O Crime.
Segue abaixo detalhes de como ocorreu o crime brutal contra adolescentes em uma tranquila escola do Rio de Janeiro.
Wellington, ex-aluno da Escola Municipal Tasso da Silveira, dirigiu-se a pé para a escola na manhã de 7 de abril de 2011, portando dois revólveres — um de calibre 38 eoutro de calibre 32 — e carregadores do tipo speedloader, que, segundo os policiais, exigem treinamento para uso. Ele estava bem vestido e, por volta das 8h , identificou-se como um palestrante que iria conversar com os alunos naquela manhã.
Depois, subiu para o primeiro andar e entrou numa sala de aula da 8ª série, onde estava ocorrendo a segunda parte de uma aula dupla de língua portuguesa com aprofessora Leila D'Angelo. Wellington entrou sem pedir licença, calmamente, e então pegou suas armas, uma em cada mão, e começou a atirar nos alunos, nos braços e pernas dos meninos e nas cabeças das meninas, visando a matar somente elas.
Segundo testemunhas, ele se referia às meninas como seres impuros e posicionava a arma em suas testas de forma cruel antes de matá-las. Morreram dez meninas edois meninos, todos com idade entre 12 e 14 anos. Ele conseguiu dar mais de cem tiros, graças ao uso dos carregadores.
Fotos da tragédia:

Pais, familiares e amigos se aglomeram na frente da escola em busca de informação.

Feridos são levados de ambulância para os hospitais da redondeza.

A ação de Wellington é registrada pelo circuito interno de segurança da escola.

Após ser alvejado porguardas da policia rodoviária o assassino comete suicídio.
A motivação do massacre não é conhecida ao certo. Cogita-se a hipótese de que o assassino possuía traços de psicopatia. Porém, não é de todo certo que o assassino de Realengo fosse psicopata, uma vez que uma das características principais da psicopatia é a falta de remorso do sociopata e o prazer que tem ao ver o sofrimento de suasvítimas. Do ponto de vista psiquiátrico, o sociopata não tem ideação suicida, sente prazer em matar mas não atenta contra sua própria vida.
Com rigor científico, o assassino de Realengo sofria de algum distúrbio neuropsiquiátrico com traços psicóticos, aliando ideação persecutória, delírios, alucinações, fantasias e distorção da realidade. Sua carta de suicídio e sua página pessoal no site de...
tracking img