Psicologia institucional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (278 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Psicologia Institucional de Bleger numa crítica freudiana
Luís Fernando Farias
O psicólogo tem basicamente dois lugares de atuação, ele pode ser ou um psicólogo clínicodentro da escola ou pode ser um psicólogo institucional. São duas atuações bastante diferentes.
Psicólogo clínico
O psicólogo clínico tem por objetivo atender aos alunos quepara ele forem encaminhados. É de longe o psicólogo mais aceito na escola, já que está "do lado da instituição"; não choca-se em nenhum momento com a estrutura da escola (nosentido figurado, claro). Está na escola para legitimar os problemas dos professores, já que os alunos são os que devem ser tratados pelo psicólogo; eles são o objeto deestudo e de intervenção do psicólogo. A tarefa do clínico seria então tratar dos problemas de aprendizagem inerentes ao aluno-paciente.
É o método mais cômodo de intervenção.Talvez ele seja bem visto pelos professores e administradores. É um emprego seguro para os psicólogos com tendências à clínica que não conseguiram montar seus própriosconsultórios. Montam então consultórios dentro da escola.
É claro que estes psicólogos são úteis para a escola, e não quer que eles sejam apenas "pelegos" a mando do governo ou daadministração. Muitas vezes os problemas de aprendizagem do aluno são devidos a problemas individuais, e devem ser tratados individualmente. Mas, considerando que os problemasna relação ensino-aprendizagem são muitos em uma escola (são vários os alunos-problemas), é bem possível que os problemas não estejam só nos alunos, mas que estes sejamproblemas da escola. E a clínica individual é inútil para tratar os problemas da escola, da instituição como um todo. Para esses casos, existe a psicologia institucional.
tracking img