Psicologia do trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 36 (8814 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A PSICOLOGIA DO TRABALHO EM TRÊS FACES

Jáder dos Reis Sampaio

Em maio de 1995 publicamos um trabalho na revista Psique onde buscávamos apresentar dados históricos, campo e práticas da Psicologia do Trabalho para os estudantes e profissionais de Psicologia que tivessem algum interesse em melhor conhecer a área. Desde então, baseávamo-nos na idéia de que a sociedade brasileira possui umavisão privilegiadamente clínica da Psicologia, e assim mesmo, de um recorte da clínica, entremeado de fantasias e associações com outras profissões. Com alguns anos de docência, já era possível perceber intuitivamente como os acadêmicos de Psicologia procuravam (e procuram!) elementos na Psicologia do Trabalho que lhes permita manter uma identidade profissional profundamente marcada pela imagem do“clínico de consultório” que trabalha com indivíduos ou grupos, ou então romper definitivamente com a clínica, situando a Psicologia do Trabalho numa esfera estranha e singular. Algumas práticas próprias do Psicólogo do Trabalho, por conseqüência, costumam ser vistas como estranhas à Psicologia, ou pior, alguns conhecimentos próprios da Psicologia podem ser vistos como incompatíveis com a Psicologia doTrabalho, o que dificulta a formação deste profissional. Estas muitas arestas, que vêm sendo aparadas aos poucos no desenvolvimento teórico-prático desta disciplina, são fonte de problemas no exercício da profissão, especialmente quando o profissional de Psicologia se “encastela” na sua visão limitada de “campo” da Psicologia do Trabalho, falando uma linguagem própria e estranha aos demaisprofissionais que atuam nas organizações. Ficam, por este motivo, prejudicados os esforços de realização de trabalho em equipes multidisciplinares ou interdisciplinares. Outro pressuposto que fundamenta o presente trabalho consiste na proximidade entre o desenvolvimento das práticas de gestão e o desenvolvimento da Psicologia do Trabalho. Se por um lado, a Psicologia do Trabalho se beneficia e agrega osdesenvolvimentos das múltiplas áreas da Psicologia, por outro, se acha balizada pela evolução da Administração e pelas demandas que esta disciplina lhe faz. A Administração, por sua vez, não é o fruto de uma seqüência não histórica de descobertas de técnicas de gestão (agrupadas em escolas), mas se acha balizada pelas mudanças sócio-econômicas e pelos impactos destas nas diversas organizações.Evolução Teórico-Prática da Psicologia do Trabalho Tomemos como ponto de partida das nossas considerações o início do século XX e os cenários anglo-saxão e norte-americano. A revolução industrial está consolidada e a escola clássica da administração (taylorismo) é a ideologia administrativa que começa a entrar em cena, obtendo aumentos de produção através de técnicas de maior controle sobre o trabalhoe da lógica de produção em massa.

A Psicologia de então, que procurava distanciar-se da Filosofia e entrar no clube seleto das ciências humanas, possuía por pilares a psicologia das diferenças individuais, o funcionalismo e o behaviorismo. Este último surgiu como uma reação aos estruturalistas e "mentalistas" e visava a uma radicalização do projeto científico nesta área do saber. Nestecontexto a Psicologia do Trabalho assume a sua primeira face, que surge atrelada aos interesses das indústrias, instrumentalizando alguns pressupostos do taylorismo. O livro apontado por diversos autores (SIEGEL, 1969. AGUIAR, 1981. BROWN, 1976) como o primeiro da área a ser publicado foi intitulado Psychology and Industrial Efficiency e foi escrito por Hugo Münsterberg. Seus comentaristas apresentamcomo tese central do mesmo o estudo da produtividade (output) em função do esforço (input). Se esta afirmativa está correta, não é difícil perceber como está ajustada ao pensamento clássico em administração, em especial ao taylorismo. A prática da chamada Psicologia Industrial resumia-se inicialmente à seleção e colocação profissional, o que gerou o nascimento de uma organização americana...
tracking img