Psicologia do trabaho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1311 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Sofrimento psíquico no trabalho

Medo, estresse, angústia podem estar ligados à atividade profissional

Reportagem: Gisele Cichinelli

|
"Assim como o trabalho é fonte de felicidade,também pode ser causa de sofrimento psíquico" |
Desenvolver bem o trabalho e as habilidades, ser reconhecido e receber remuneração condizente são três fatores que geram realização pessoal. É claro que épreciso dedicação pessoal para obter isso. Mas a sensação de bem-estar não tem preço.
Mas, assim como o trabalho é fonte de felicidade, também pode ser causa de muitos problemas psíquicos. A importância dele na vida das pessoas e as dificuldades vividas no ambiente profissional podem levar os trabalhadores a um grande sofrimento e colocar em risco a saúde mental.
Esse problema tem um nome. É osofrimento psíquico no trabalho. Suas causas são diversas. Podem estar ligadas às dificuldades de relacionamento com colegas ou com a chefia, ou ainda a situações nas quais a pessoa se sente injustiçada, ameaçada ou acredita que suas qualidades ou seus esforços não são reconhecidos.
|
"O risco é um fator sempre presente na construção civil, causando medo e estrese" |
De acordo com Carla JúliaSegre Faiman, psicóloga da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) e do Serviço de Saúde Ocupacional do Hospital das Clínicas, trabalhos extremamente monótonos, que não valorizam o potencial do trabalhador, ou que envolvam riscos e grande desconforto podem gerar muita insatisfação.
Pressão e estresse
A atividade da construção civil é uma das campeãs em acidentes de trabalho. Orisco da atividade acaba gerando o medo, o estresse e outros sentimentos negativos, que costumam ser grandes fontes de sofrimento dos trabalhadores. Isso provoca, muitas vezes, jogos perigosos e abandono do uso de EPI's, descumprimento de normas de segurança e brincadeiras desmoralizantes. São formas que os trabalhadores encontram para lidar diariamente com o risco da morte ou de mutilação.
|"Sentimentos de orgulho, rivalidade e bravura, muitas vezes, servem para mascarar os temores" |
"O perigo existe, é real e conhecido. Mas a necessidade do emprego e de lidar com o risco leva o trabalhador a confrontá-lo, desafiando a si mesmo e aos outros colegas", explica Tereza Luiza Ferreira dos Santos, mestre em Psicologia Social, psicóloga e tecnologista da Divisão de Sociologia e Psicologiada Fundacentro (Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho).
Os sentimentos de orgulho, rivalidade, bravura e virilidade que surgem, servem apenas para mascarar os temores. E é aí que mora o perigo. Quando não há mais como se "defender" da ansiedade e do medo, surgem outros comportamentos, que devem ser percebidos como indicadores de agravamento do problema. Como adepressão, desânimo e alcoolismo, por exemplo.
Como tratar
|
"Sofrer em silêncio é a pior opção. Não se deve ter vergonha de assumir as dificuldades" |
Embora nem sempre seja fácil expor o que se sente, seja qual for a origem da doença, a pior atitude a tomar é sofrer em silêncio. Em geral, as pessoas ainda têm muita vergonha em assumir que estão com dificuldades. Mas estar doente e admitir issonão significa que sua dignidade será afetada, ou que há necessidade de se afastar do trabalho.
Se você está passando por essa situação, procure a ajuda de um amigo, chefe, médico ou psicólogo, que pode orientar e apontar caminhos para resolver a questão. Geralmente, o tratamento é realizado enquanto a pessoa trabalha, com eventual mudança de função. O afastamento só é recomendado apenas em casosgraves. Lembre-se de que a culpa não é sua e de que você não é um "super-homem". Em algumas situações, por exemplo, é a própria empresa que deve ser "tratada", caso seja responsável pelo mal-estar de várias pessoas.
Serviço: O Serviço de Saúde Ocupacional do Hospital das Clínicas oferece atendimento para os trabalhadores com doenças originadas no ambiente de trabalho. O telefone é 3069-8114....
tracking img