Psicologia do tansito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (296 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Psicologia do Trânsito
Os problemas de trânsito são um dos que mais preocupam a sociedade contemporânea, entretanto são muito anteriores a ela, os primeiros problemas com restriçõesimposta a população datam do Império Romano.
A partir dessa data começaram as primeiras restrições, e com o passar do tempo cresceu, a medida que aumentou o número de veículos emcirculação.
Desde a Idade Média existia a consciência de que o trânsito seria um dos grandes problemas do futuro, e isso passou a ocorrer mais acentuadamente no século XX.
Hoje em diapodemos dizer que é um dos problemas atuais do País, pois praticamente todas as famílias tem de 2 a 3 carros circulando pelas ruas, o que está causando um verdadeiro caos.
Pessoas levam ásvezes 2 horas ou mais, dependendo da distância, para chegarem aos lugares de trabalho e também para retornarem a seus lares, isso gera uma insatisfação que tem atrapalhado muito asrelações entre condutores e pedestres.
A Psicologia do Trânsito nasceu da preocupação em reduzir o número de acidentes e tentar resolver todos esses desafios causados pelo excesso de veículos.Os desafios mais agravantes hoje em dia tem a ver com a qualidade de vida, pois muitos passam por diversos problemas como por exemplo: desequilíbrio psíquico, ansiedade, agressividade,sonolência, alcoolismo, epilepsia, drogas, problemas familiares, falta de consciência, entre outros.
O papel do Psicólogo do Trânsito é avaliar todos esses fatores e saber como agir paraque as pessoas tenham cada vez mais consciência dos seus direitos e deveres.
A Psicologia do Trânsito é de suma importância, pois trata de uma das áreas de maior responsabilidade, poisé no trânsito que os erros são, em grande parte das vezes, fatais.
REFERÊNCIAS: Lugares da Psicologia – Berenice Carpigiani ( Organizadora ) – Ângela Coelho Moniz – Editora Vetor.
tracking img