Psicologia criminal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (508 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Psicologia criminal é um ramo da psicologia jurídica que trata de analisar racionalmente e empiricamente o comportamento criminoso. Para isso podem ser usados estudos psicológicos de personalidade,da estrutura mental e de outras características que podem vir a ser psicopatológicas e suas relações com o direito penal. A psicologia criminal explora a variabilidade das condutas criminosas,variáveis preditoras, variáveis causais/funcionais e a correlação entre crimes, criminosos e as variáveis significativas envolvidas. Também estuda o desenvolvimento do criminoso do ponto de vistapsicodinâmico, social e sistêmico.[1]

Índice [esconder]
1 Áreas de estudo
1.1 Estudo de expressões faciais
2 História
3 Variáveis identificadas
4 Ver também
5 Referências
[editar]Áreas de estudo

Umade suas áreas de estudo são sobre desejos, pensamentos, intenções e reações dos criminosos. Ela está relacionada com a área da antropologia criminal. O estudo penetra profundamente na pergunta "o quêfaz alguém cometer um crime", mas também nas reações pós-crime, na fuga ou no tribunal. Esta ciência tem relações com a psicanálise, em especial a psicanálise forense e com a sexologia forense,traçando as causas psíquicas que levam certos indíduos à sexualidade doentia. Psicólogos criminalistas são frequentemente chamados como testemunhas em processos judiciais para ajudar o júri a compreender amente do criminoso. Alguns tipos de psiquiatria também lidam com os aspectos do comportamento criminoso.

[editar]Estudo de expressões faciais
Freitas-Magalhães, director do Laboratório de ExpressãoFacial da Emoção (FEELab/UFP), em Portugal, é o autor do projecto científico pioneiro "ForensicPsy" no âmbito da Psicologia Forense e que consiste na avaliação e medição da expressão facial da emoçãodos delinquentes para efeitos da investigação criminal e dos processos judiciais.[2]

[editar]História

Após a Segunda Guerra Mundial o psicólogo britânico Lionel Haward, foi um dos...
tracking img