Psicologia cognitiva

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 124 (30918 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
DISCIPLINA: PSICOLOGIA COGNITIVA

Texto 1:
STERNBERG, Robert J. Psicologia Cognitiva. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

CAPÍTULO 1 Sim (p. 21-41)

O que é Psicologia Cognitiva?

A PSICOLOGIA COGNITIVA É DEFINIDA (p. 22)

O que você vai estudar em um livro didático sobre psicologia cognitiva?
1. Cognição — As pessoas pensam.
2. Psicologia cognitiva — Os cientistaspensam a respeito de como as pessoas pensam.
3. Estudantes de psicologia cognitiva — As pessoas pensam sobre a maneira como os cientistas pensam a respeito de como as pessoas pensam.
4. Professores que ensinam psicologia cognitiva aos estudantes — Você capta a idéia.

Para ser mais específico, a psicologia cognitiva trata do modo corno as pessoas percebem, aprendem recordam e pensamsobre a informação. Um psicólogo cognitivo pode estudar como elas percebem várias formas, o motivo pelo qual recordam alguns fatos mais esquecem outros, a maneira como aprendem a linguagem ou como raciocinam quando jogam xadrez ou resolvem os problemas cotidianos. Por que, em dias brumosos, os objetos parecem mais distantes do que realmente estão, às vezes enganando os motoristas e causandoacidentes de carro? Por que muitas pessoas lembram-se de uma experiência especial (p. ex., ver o Ford Bronco branco de O. J. Simpson cruzar uma rodovia, sendo ao mesmo tempo perseguido por uma radiopatrulha), esquecendo, contudo, os nomes de pessoas a quem conhecem há muitos anos? Por que muitas pessoas têm mais medo de viajar em aviões do que em automóveis, quando as chances de danos e de morte são tãomais altas em um automóvel do que em um avião? Esses são alguns dos tipos de questões a que podemos responder ao longo do estudo de psicologia cognitiva.
Este capítulo apresenta o campo da psicologia cognitiva, descrevendo a história intelectual do estudo do pensamento humano e enfatizando, especialmente, alguns dos problemas e preocupações que surgem quando ponderamos sobre o modo como aspessoas pensam. A perspectiva histórica é seguida por uma breve visão geral dos principais métodos, problemas e áreas temáticas da psicologia cognitiva. As idéias apresentadas neste capítulo oferecerão um alicerce sobre o qual irá se construir uma compreensão dos tópicos de psicologia cognitiva abrangidos nos demais capítulos.
Por que estudar a história desse campo — ou de qualquer outro,também? Em primeiro lugar, se soubermos de onde viemos, podemos ter uma compreensão melhor de para onde estamos nos dirigindo. Em segundo lugar, podemos aprender com os erros anteriores — de modo que, quando cometermos erros, estes serão novos e diferentes, não os mesmos erros antigos. Além disso, muitos dos problemas que agora enfrentamos, em psicologia cognitiva, como em qualquer outro campo têmprofundas raízes em nossa antiga história intelectual. Por todo o curso da história intelectual, nossas maneiras de tratar esses problemas mudaram, mas algumas das questões fundamentais permanecem quase iguais. Finalmente, examinando nossa própria história intelectual, podemos perceber padrões no desenvolvimento das idéias — na verdade, aprendemos como as pessoas pensam, por meio do estudo de como elasponderavam sobre o pensamento.
Um dos padrões que emerge de um estudo da história intelectual é a observação de que a sucessão de idéias envolve, freqüentemente, um processo dialético. Na dialética, é apresentada uma tese (declaração de fé). Por exemplo, uma escola de pensamento defendeu, por longo tempo, que muitos aspectos do comportamento humano (p. ex., a inteligência ou a personalidade)são inteiramente governados pela natureza humana. Outros pensadores consideram a tese e, se ela parece aumentar a compreensão, a idéia é aceita. Pouco depois, entretanto, alguns pensadores observam falhas aparentes na tese e, posteriormente (ou, talvez, até bem logo), surge uma antítese (afirmação que se opõe à declaração de fé anterior). Por exemplo, uma outra escola de pensamento postulou que...
tracking img