Psicogenese da linguagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4736 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Programa de Pós-Graduação em Psicopedagogia






“Psicogênese”





Dezembro
Sumário
Introdução 3
Procedimento de Avaliação de Escrita e Leitura 5
O Desenho e a Escola 8
Técnicas psicopedagógica do desenho livre 10
Considerações Finais 12
Referências 13
Anexos 14




Introdução



Este trabalho tem como objetivo investigar os processos aprendidos emaula sobre os níveis de compreensão da leitura e da escrita e a importância do desenho no desenvolvimento dessas linguagens.
Sabe-se que a linguagem inicia-se desde o momento em que a criança compreende que qualquer traçado ordenado ou desordenado pode significar algo. De acordo com Luria e Vygotsky[1], inicialmente as crianças, na tentativa de reproduzir a escrita adulta, produzem“rabiscos mecânicos” sem qualquer relação com o conteúdo das falas. Num momento mais avançado, os desenhos são produzidos e organizados na folha de forma topográfica para que quando requerida sobre o significado dos desenhos, a criança possa lembrar qual o significado de cada desenho.
Depois deste momento, a criança passa para as representações pictográficas, isto é, desenhos querepresentam conteúdos determinados. A próxima fase é a escrita simbólica, em que a criança já consegue estruturar formas para representar informações difíceis de serem desenhadas. Esse processo de escrita inicial, ou seja, diagramação, desenho e escrita simbólica, é essencial para que a criança seja estimulada desde o início da vida.
Jean Piaget[2] considera o desenho como um sistema derepresentação. Desse modo, antes de o ser humano se desenvolver na escrita é necessário que haja o contato com o desenho, que é de suma importância para o desenvolvimento do simbolismo, pois quando desenha, a criança passa para o papel o que conhece sobre o objeto e não o que vê, é criada a noção de representação do objeto. Segundo Vygotsky, o desenho conduz às formas superiores de linguagem escrita.O processo de compreensão da escrita pelo ser humano é um movimento gradual dividido em fases distintas e específicas. Inicialmente, a criança faz rabiscos, desenhos e garatujas sem nenhuma relação entre fala e escrita. À medida que vai mudando de nível, o conhecimento sobre a linguagem escrita vai se aprimorando de forma gradual.
Ao analisar escritas e desenhoselaborados por crianças de até sete anos, serão aplicadas as teorias aprendidas no módulo. Este trabalho também preparará o psicopedagogo para a sua vida prática em clínicas ou instituições, pois as avaliações aqui utilizadas com as crianças, poderão fazer parte do cotidiano profissional.




Procedimento de Avaliação de Escrita e Leitura


Foi realizado o Procedimento de Avaliação(Anexo I) em P.S. de sete anos de idade e 2º ano escolar.
Foi apresentado à criança o livro “O reino das borboletas brancas” de Marli Assunção Gomes Pereira. Após folhear o livro, a criança foi indagada se algo poderia ser lido no livro, e ela disse que sim, as palavras, e apontou a frase “até sua majestade, a rainha, foi vê-la” e leu corretamente.
Após apontar paradiferentes letras, números ou sinais de pontuação, perguntou-se para o menino o que eram aqueles símbolos, se poderia ser lido, e para que os símbolos são colocados ali. Ele disse que eram letras, que poderiam ser lidas e estavam no livro para poder entender a história. Foi observado também que a criança tem a dupla orientação para a leitura, ou seja, da esquerda para a direita e de cima para baixo.Na fase “atos de leitura/estilos de leitura” do Procedimento de Avaliação, com o intuito de saber se a criança consegue diferenciar o portador de notícias, o entrevistador pegou o jornal e a partir de gestos, demonstrou à criança que estava fazendo uma leitura silenciosa. Após a leitura, o entrevistador pergunta, “o que eu estou fazendo?” a criança disse que ele estava lendo. Após...
tracking img