Psicodrama

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1462 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. PSICODRAMA – HISTÓRICO



O criador do Psicodrama, Jacob Levy Moreno, nasceu em 19 de maio de 1892, de uma família judia, proveniente da Península Ibérica, via Turquia, Mar Morto e Danúbio. Aos cinco anos, sua família radicou-se em Viena, cidade onde Moreno realizou seus estudos.

Em 1917, Moreno formou-se em Medicina. Desenvolveu um método diferente do de Freud. Deacordo com o método freudiano, o paciente deveria estar disposto em divã, falando ao analista.

Moreno, ao contrário, colocou o paciente juntamente com outros. Empenhou-se em pesquisas e na defesa de um teatro improvisado que foi denominado Psicodrama.

No histórico das origens do Psicodrama, Moreno leva em consideração algumas experiências: brincadeira de ser Deus, que ocorreuquando tinha 4 anos e meio, e conseguiu improvisar com outros colegas, esse gracejo representativo. Construíram sobre uma mesa um céu com cadeiras amontoadas, de maneira a chegarem até o teto. Moreno fez o papel de Deus e seus amigos de anjos.

Outra experiência que consta do histórico do Psicodrama diz respeito à dramatização realizada no dia 1° de abril de 1921, em Viena. Esta data éconsiderada como a do nascimento oficial do Psicodrama. Nesta ocasião, diante de um grande público, Moreno solicitou aos protagonistas que fizessem o papel de rei, e neste papel, o que faria cada um deles para organizar e dirigir corretamente o país. O público faria o papel de jurado. O único cenário constou de um trono vermelho e uma coroa dourada. Ao final, nenhum dos que se apresentaram foiaprovado.












2. PSICODRAMA – CONCEITO



Segundo Moreno, em seu livro, "O Teatro da Espontaneidade", é dito que psicodrama significa "completa psico-realização". Neste termo estão incluídas todas as formas de produção dramática, cada sessão é um ato comunal e cooperativo; parte alguma da produção é fornecida ou produzida por pessoas que estejam de fora.Para o autor do livro "Introdução ao Psicodrama", J. G. Rojas Bermúdez, o Psicodrama é uma técnica cujas origens encontram-se no Teatro, na Sociologia e na Psicologia, "seu núcleo é a dramatização".

Eva Leveton, no livro "Psicodrama para o Clínico Tímido", utiliza o termo Psicodrama em um sentido mais geral do que Moreno. Designa este termo para "qualquer desempenho de papéis a serviçodo crescimento ou da investigação pessoal".

O Psicodrama permite uma vivência ampla com o objetivo de prover o ser humano de uma riqueza de experiências que lhe possibilite ampliar constantemente sua produção total de vida.




3. PSICODRAMA TERAPÊUTICO



O Psicodrama sempre é, concomitantemente, terapêutico e pedagógico, afirma Anne Ancelin Schutzenberger, “mas aênfase pode ser dada à terapia profunda ou à pedagogia”.

O Psicodrama terapêutico é o Psicodrama clínico, que consiste em uma terapia profunda de grupo, sendo a dramatização seu centro e o que o caracteriza. Permite que o indivíduo exteriorize o seu problema representando-o.

No Psicodrama terapêutico, o indivíduo não irá presenciar a apresentação de nenhuma peça de teatroformal e, sim, participará da representação de um problema real de uma pessoa presente no grupo, que poderá ser ele mesmo, ou outro participante. Durante a representação, o problema pessoal trazido pelo protagonista é tratado com técnicas psicodramáticas ativas com a finalidade de auxiliá-lo em sua vida. O desempenho dramático dará ao indivíduo a oportunidade de liberar as emoções e os sentimentosque não podem mais ser expressos por causa dos papéis sociais rígidos que o impedem e que o aprisionam.

Para A. A. Schutzenberger, “o Psicodrama libera inibições, dificuldades, traumatismos passados, por seu ressurgimento”.

Esta autora analisa também que, dinamizando o psiquismo, o Psicodrama, “permite tanto uma terapia pelo degelo e a liberação dos sentimentos recalcados...
tracking img