Prova

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2122 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Matemática
1 O gráfico de uma função polinomial do primeiro grau passa pelos pontos de coordenadas ( x, y ) dados abaixo. x y 0 5 m 8 6 14 7 k Podemos concluir que o valor de k + m é: A B C D E 15,5 16,5 17,5 18,5 19,5

RESPOSTA: C Como os pontos estão alinhados, podemos concluir que: O coeficiente angular dado pelo 3º e 4º pontos é igual ao coeficiente angular dado pelo 1º e 3º. Portanto:k − 14 14 − 5 = ⇒ k = 15,5 . 7−6 6−0
O coeficiente angular dado pelo 2º e 3º pontos é igual ao coeficiente angular dado pelo 1º e 3º. Logo:

14 − 8 14 − 5 = ⇒ m=2 6−m 6−0

Portanto m + k = 17,5

1

2

Sandra fez uma aplicação financeira, comprando um título público que lhe proporcionou, após um ano, um montante de R$ 10 000,00. A taxa de juros da aplicação foi de 10% ao ano. Podemosconcluir que o juro auferido na aplicação foi: A B C D E R$ 1 000,00 R$ 1 009,09 R$ 900,00 R$ 909,09 R$ 800,00

RESPOSTA: D

Seja C o capital aplicado e J o juro auferido. Assim:

C + J = 10 000



C + C (0,10) = 10 000 ⇒ C =

10 000 = 9090,91 1,1

Portanto o juro auferido foi de 10 000 − 9090 ,91 = 909,09 .

2

3

Em uma escola, a razão entre o número de alunos e o deprofessores é de 50 para 1. Se houvesse mais 400 alunos e mais 16 professores, a razão entre o número de alunos e o de professores seria de 40 para 1. Podemos concluir que o número de alunos da escola é: A B C D E 1 000 1 050 1 100 1 150 1 200

RESPOSTA: E Seja x o número de professores e y o número de alunos. Teremos:

De (I) e (II) concluímos que x = 24 e y = 1200 .

y 50 = (I ) x 1 y + 400 40 = (II ) x + 16 1

3

4

Uma pequena empresa fabrica camisas de um único modelo e as vende por R$ 80,00 a unidade. Devido ao aluguel e a outras despesas fixas que não dependem da quantidade produzida, a empresa tem um custo fixo anual de R$ 96 000,00. Além do custo fixo, a empresa tem que arcar com custos que dependem da quantidade produzida, chamados custos variáveis, tais como matéria-prima,por exemplo; o custo variável por camisa é R$ 40,00. Em 2009, a empresa lucrou R$ 60 000,00. Para dobrar o lucro em 2010, em relação ao lucro de 2009, a quantidade vendida em 2010 terá de ser x% maior que a de 2009. O valor mais próximo de x é: A B C D E 120 100 80 60 40

RESPOSTA: E Sejam x e y as quantidades vendidas em 2009 e 2010 respectivamente. Assim: • • •

60 000 = 80 x − (96 000 + 40x) ⇒ x = 3 900 120 000 = 80 y − (96 000 + 40 y ) ⇒ y = 5 400 5 400 − 3 900 Variação porcentual das quantidades: = 38,46% . 3 900

4

5

Em um grupo de 300 pessoas sabe-se que: 50% aplicam dinheiro em caderneta de poupança. 30% aplicam dinheiro em fundos de investimento. 15% aplicam dinheiro em caderneta de poupança e fundos de investimento simultaneamente. Sorteando uma pessoa desse grupo,a probabilidade de que ela não aplique em caderneta de poupança nem em fundos de investimento é: A B C D E 0,05 0,20 0,35 0,50 0,65

RESPOSTA: C Como 15% do grupo fazem os dois tipos de aplicação, teremos (0,15)300 = 45 fazendo as duas aplicações. • Como 50% aplicam em poupança, teremos (0,50)300 = 150 pessoas aplicando em caderneta de poupança. Assim, 150 – 45 = 105 pessoas aplicam só emcaderneta de poupança. • Como 30% aplicam em fundos, teremos (0,30)300 = 90 pessoas aplicando em fundos. Assim, 90 – 45 = 45 pessoas aplicam só em fundos. • Logo o total de pessoas do grupo que não aplicam em poupança nem em fundos é 300 – 105 – 45 – 45 = 105. • Portanto a probabilidade procurada é

105 = 0,35 . 300

5

6

O gráfico abaixo apresenta os lucros anuais (em milhões de reais) em2008 e 2009 de três empresas A, B e C de um mesmo setor. A média aritmética dos crescimentos percentuais dos lucros entre 2008 e 2009 das três empresas foi de aproximadamente: A B C D E 8,1% 8,5% 8,9% 9,3% 9,7%

RESPOSTA: A

210 − 200 = 5% . 200 320 − 300 Crescimento porcentual da empresa B: = 6,67% . 300 450 − 400 Crescimento porcentual da empresa C: = 12,5% . 400 5% + 6,67% + 12,5% Média...
tracking img