Prova de sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1619 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE RONDONÓPOLIS
INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Disciplina: Sociologia e Ciências Políticas

Professor:

Nome: GERNAIAN RODRIGUES Data: 10/02/2013 Turma: CIC- 1º ano matutino

Leia com atenção as informações e as questões e responda:

A. Teoria positivista-funcionalista: “supõe, implica, ou pressupõe que arealidade é o que está aí, [...] colocado, posto na nossa frente [...] estruturado duma forma especial: tudo o que está aí forma um sistema organizado, em que tudo tem sua função. [...] é bom tudo o que funciona, tudo o que leva ao equilíbrio. [...] Pode-se até afirmar de maneira geral que quem domina as teorias, domina a sociedade, pois quem domina as teorias domina as possibilidades de pensar ounão pensar diferente. E se você nem consegue pensar, ou não pensar diferente, nunca você pode chegar a querer mudar, ou desejar algo diferente”. (Pedrinho Guareschi)

B. Teoria histórico-crítica: “o pressuposto é que ‘tudo que é criado é histórico’ [...] o que é criado não é eterno, apareceu, e vai desaparecer. Se é histórico, é relativo ao menos quanto ao tempo”. A visão crítica é a que definecomo convicção que “tudo o que é histórico possui ao menos dois lados; nada é absoluto, total; que é preciso ver os dois lados das coisas [...]. A teoria histórico-crítica incorpora dentre do conceito de realidade o projeto, o futuro. E isso faz das pessoas um tipo diferente de gente: gente aberta ao futuro, gente de visão profética e transformadora”. (Pedrinho Guareschi)

C. “Se não me submetoàs normas da sociedade, se ao vestir-me não levo em conta os costumes seguidos no meu país e na minha classe, o riso que provoco e o afastamento a que me submeto produzem, embora de forma mais atenuada, os mesmos efeitos de uma pena propriamente dita. Aliás, apesar de indireta, a coação não deixa de ser eficaz. Não sou obrigado a falar a língua do meu país, nem usar as moedas legais, mas éimpossível agir de outro modo. Se tentasse escapar a essa necessidade, minha tentativa seria um completo fracasso. Se for industrial, nada me proíbe de utilizar equipamentos e métodos do século passado; mas se fizer isso, com certeza vou arruinar-me. Mesmo quando posso libertar-me e desobedecer, sempre será obrigado a lutar contra tais regras. A resistência que elas impõem são uma prova de força, mesmoquando as pessoas conseguem vencê-las. Todos os inovadores, mesmo os bem-sucedidos, tiveram de lutar contra oposições desse tipo. Aqui está, portanto, um tipo de fatos que apresentam características muito especiais: consistem em maneiras de agir, pensar e sentir exteriores ao indivíduo e dotadas de um poder coercitivo em virtude do qual se impõem como obrigação. Por isso não poderiam serconfundidos com fenômenos orgânicos, pois consistem em representações e a ações; nem com os fenômenos psíquicos, pois estes só existem na mente dos indivíduos e devido a eles. Constituem, portanto, uma espécie de fatos, que devem ser qualificados como sociais”. (Émile Durkheim. As regras do método sociológico, pp. 389-390)

D. Sobre Marx. Sua intenção não foi somente contribuir para a ciência, mas proporuma ampla transformação política, econômica e social; obra de ação política e ideal revolucionário: aponta as contradições básicas da sociedade capitalista e as possibilidades concretas de superação.

E. “[...] na produção social da sua vida, os homens contraem determinadas relações necessárias e independentes da sua vontade, relações de produção que correspondem a uma determinada fase dedesenvolvimento das suas forças produtivas materiais. O conjunto dessas relações de produção forma a estrutura econômica da sociedade, a base real sobre a qual se levanta a superestrutura jurídica e política e à qual correspondem determinadas formas de consciência social. O modo de produção da vida material condiciona o processo da vida social, política e espiritual em geral. Não é a consciência do...
tracking img