Prova concurso tcdf 2012

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8367 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
||TCDF11_001_01N355014||

CESPE/UnB – TCDF





De acordo com o comando a que cada um dos itens a seguir se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com o código E, caso julgue o item ERRADO. A ausência de marcação ou a marcação de ambos os campos não serão apenadas, ou seja, não receberãopontuação negativa. Para as devidas marcações, use a folha de respostas, único documento válido para a correção das suas respostas. Sempre que utilizadas, as siglas subsequentes devem ser interpretadas com a significação associada a cada uma delas, da seguinte forma: CF = Constituição Federal de 1988; CLDF = Câmara Legislativa do Distrito Federal; COSO = Committee of Sponsoring Organization of theTreadway Commission; DF = Distrito Federal; IN = instrução normativa; LOA = lei orçamentária anual; LRF = Lei de Responsabilidade Fiscal; OSCIP = organização social de interesse público; PPA = plano plurianual; STF = Supremo Tribunal Federal; TCDF = Tribunal de Contas do Distrito Federal; TI = tecnologia da informação; TJDFT = Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios.

CONHECIMENTOSBÁSICOS
Texto para os itens de 1 a 10
1

4

7

10

13

16

19

22

25

28

A Teoria Geral do Estado mostra como surgiu e se organizou, ao longo do tempo, o Estado. Nas formas primitivas de organização social, ainda tribais, o poder era concentrado nas mãos de um único chefe, soberano e absoluto, com poder de vida e morte sobre seus subordinados, fazendo e executando as leis.Na Antiguidade Clássica, as civilizações grega e romana foram as que primeiro fizeram uma tentativa de compartilhar o poder, criando instituições como a Eclésia e o Senado. Contudo, essa experiência foi posta de lado quando as trevas medievais tomaram conta da Europa, fazendo-a mergulhar em mil anos de estagnação, sob as mãos de senhores feudais, reis e papas, que não conheciam outro limite senãoseu próprio poder. O fim da Idade Média, no século XV, e o ressurgimento das cidades, no período renascentista, representaram profundas mudanças para a sociedade da época, mas, do ponto de vista político, assistiu-se a uma concentração ainda maior do poder nas mãos dos soberanos, reis absolutos, que, sob o peso de sua autoridade, unificaram os diversos feudos e formaram vários dos Estados modernosque hoje conhecemos. Exceção a essa regra foi a Inglaterra, onde, já em 1215, o poder do rei passou a ser um tanto limitado pelos nobres, que o obrigaram a pedir autorização a um conselho constituído por vinte e cinco barões para aumentar os impostos. A fim de fazer valer essa exigência, foi assinada a Magna Carta. Nascia o embrião do parlamento moderno, com a finalidade precípua de limitar opoder do rei.
Elton E. Polveiro Júnior. Desafios e perspectivas do poder legislativo no século XXI. Internet: (com adaptações).

Com relação a aspectos linguísticos do texto, julgue os itens que se seguem.
6

Justifica-se o emprego da vírgula logo após “mas” (R.18) para enfatizar o sentido de contraste introduzido por essa conjunção, razão por que a supressão desse sinal de pontuação nãoacarretaria prejuízo gramatical ao texto. No trecho “Exceção a essa regra” (R.22), é opcional o emprego do sinal indicativo de crase no “a”. O pronome “o” (R.24) retoma, por coesão, a expressão “o poder do rei” (R.23). A forma verbal “representaram” (R.17) está no plural para concordar com o sujeito composto da oração, cujos núcleos são “fim” (R.15) , “século” (R.15) e “ressurgimento” (R.16). Na linha13, a substituição do vocábulo “senão” por se não, embora gramaticalmente correta, prejudicaria o sentido do texto.

7 8 9

10

Texto para os itens de 11 a 15
1

4

7

10

Com base nas ideias do texto, julgue os itens seguintes.
1

Infere-se da leitura do texto, especialmente do trecho “O fim da Idade Média (...) aumentar os impostos” (R.15-25), que a Inglaterra conseguiu...
tracking img