Protocolos de roteamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 51 (12713 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade de Tecnologia SENAI de Desenvolvimento Gerencial – FATESG
Curso Técnico em Redes de Computadores


Gabriel Carvalho Cunha
Pedro Henrique Santos Sales



Protocolos de Roteamento
RIP
e
OSPF





Goiânia
2011
Gabriel Carvalho Cunha
Pedro Henrique Santos Sales



Protocolos de Roteamento
RIP
e
OSPF


Projeto Final apresentado à Faculdade de Tecnologia SENAIde Desenvolvimento Gerencial FATESG, como requisito à obtenção do título de Técnico em Redes de Computadores.
Professor-Orientador: Esp. Thiago Martins.




Goiânia
2011

Gabriel Carvalho Cunha
Pedro Henrique Santos Sales


Protocolos de Roteamento
RIP
e
OSPF

Projeto Final apresentado à Faculdade de Tecnologia SENAI de Desenvolvimento Gerencial FATESG, como requisito àobtenção do título de Técnico em Redes de Computadores.
Goiânia, 22 de Novembro de 2011.


Banca Examinadora
_______________________________________________

_______________________________________________

_______________________________________________

CUNHA, Gabriel Carvalho
SALES, Pedro Henrique Santos

Protocolos de Roteamento RIP e OSPF / Gabriel Carvalho Cunha e Pedro Henrique SantosSales. – Goiânia: 2011

59 folhas

Orientador: Thiago Martins.

Trabalho de conclusão de curso (Técnico) – Faculdade de Tecnologia SENAI de Desenvolvimento Gerencial – FATESG, 2011.

Inclui bibliografia


Resumo

Este trabalho busca abordar a fundo os protocolos de roteamento Routing Information Protocol (RIP, Protocolo de Roteamento de Informações) e Open Shortest Path First(OSPF, Abrir Caminho mais Curto Primeiro). Para isso, procuramos discorrer sobre cronologia dos fatos, as versões que foram sendo lançadas e quais foram definidas. Algo em comum que esses dois protocolos têm é que são do tipo Interior Gateway Protocol (IGP, Protocolo de Roteamento Interno), ou seja, trocam informações de roteamento dentro de um Autonomous System (AS, Sistema Autônomo). No RIP foramcriadas implementações, as quais serão explicadas no trabalho, e que servem para evitar transtornos como sobrecarga ou funcionamento ruim da rede. O RIP utiliza algoritmo Vetor-Distância, e é um protocolo classful, ou seja, não envia a máscara de sub-rede junto com o endereço IP em suas mensagens. Por sua vez, o OSPF é um protocolo de Estado de Enlace, que foi criado visando oferecer suporte àsub-rede IP e roteamento baseado em Type of Service (ToS, Tipo de Serviço). Ele usa o algoritmo de Dijkstra e suas tabelas de roteamento são atualizadas por meio de mensagens, da mesma forma que o RIP. Cada protocolo de roteamento tem suas vantagens e desvantagens, que procuramos detalhar ao longo do trabalho.

Palavras-chave: Roteamento; Sistema Autônomo; RIP e OSPF.

Abstract

This projectseeks to address in depth the routing protocols Routing Information Protocol (RIP, Protocolo Roteamento de Informações) and Open Shortest Path First (OSPF, Abrir Caminho mais Curto Primeiro). To do this, we seek to expatiate about chronology of facts, the versions that were being launched and which have been defined. These protocols have something in common, is that they are Interior GatewayProtocol’s type (IGP, Protocolo de Roteamento Interno), i.e., they exchange routing information within an Autonomous System (AS, Sistema Autônomo). In the RIP were created implementations that will be explained in the project, and that serve to avoid inconvenience, as overload or bad functioning of the network. RIP uses Vector-Distance algorithm, and it is a classful protocol, i.e., does not send thesubnet mask together with the IP address in your messages. In turn, the OSPF is a Link-State Protocol, that was created to support the IP subnet and routing based on ToS (Type of Service, Tipo de Serviço). It uses the algorithm of Dijkstra and their routing tables are updated by messages, in the same way that the RIP. Each routing protocol has advantages and disadvantages, which we look for...
tracking img