Protocolos de rede: pim, dvrmp igmp

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4762 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Protocolos: PIM, DVRMP, IGMP

1. Introdução
Este trabalho tem como objetivo fazer uma descrição sobre os protocolos de roteamento multicast: PIM, DVRMP, IGMP. Juntamente com sua localização na hierarquia de camadas e as mensagens que são geradas.

2. Transferência de dados em uma rede.
Todos os protocolos que serão explicados nesse relatório são protocolos de roteamento multicast, emulticast é um método para transmissão de dados em uma rede, esse tópico tem como finalidade em fazer uma breve explicação desses métodos. Existem três métodos fundamentais para transmissão de dados em uma rede:  Unicast  Broadcast  Multicast Tráfegos unicast são trocados normalmente entre hosts específicos, como um computador pessoal e um servidor Web. Tráfegos broadcast são enviados a todos osusuários de uma rede. Tráfegos multicast são um exemplo de tráfego destinado a apenas uma parte específica de usuários em uma rede. Tanto broadcast quanto unicast são fáceis de implementar em uma rede. Para o unicast, os dados são entregues a um destinatário único na rede. A ideia de uma rede suportar multicast torna-se muito mais complexa por que os usuários devem se identificar e requisitarparticipação nos grupos multicast. Os dados serão enviados aos usuários participantes e a rede deverá ser capaz de limitar que o tráfego não propague para direções onde não exista interesse, de forma a não consumir banda desnecessariamente. Como exemplo considere a difusão de uma rádio IP onde cada conexão unicast utiliza 8kbps de banda de rede. É fácil perceber a economia de rede quando comparamos essetráfego enviado via unicast com o tráfego enviado por multicast. Quanto mais usuários estão dispostos a receber a mesma programação o crescimento de banda é mínimo com o uso do multicast, conforme na figura abaixo:

Figura 1: Multicast x Unicast

O Internet Assigned Number Authority (IANA) é o órgão gestor das faixas de endereços IP na Internet. O IANA dedicou uma faixa, conhecida como “Classe D”,especificamente para o endereçamento multicast, como exibido na Figura 2. Esta faixa em notação decimal compreende os endereços entre 224.0.0.0 a 239.255.255.255. Os endereços desta classe D são subdivididos em subgrupos de aplicações conforme ilustrado na tabela abaixo:

Tabela 1: Faixa endereçamento multicast por aplicações.

Figura 2: Classe IP onde N representa rede (network) e H host. Aclasse D foi reservada para endereços multicast. Os protocolos de roteamento podem utilizar dois modos, o modo denso - Dense Mode ou o modo esparso – Sparse Mode. Os protocolos de modo denso pressupõem a existência densa de receptores e de grupos, isto é, várias sub-redes participando com pelo menos um receptor em cada sub-rede. O tráfego multicast é distribuído segundo a árvore ligada a fonte ondeprimeiramente, todas as interfaces são inundadas com o tráfego. As interfaces que não estejam participando do grupo utilizam o recurso de podar – prune para não receberem mais tráfego multicast. Entre esses protocolos podemos citar o Distance Vector Multicast Routing Protocol (DVMRP) e o Protocol Independent Multicast – Dense Mode (PIM – DM). Para os protocolos de modo esparso é pressuposta aexistência esparsa de receptores de grupos, isto é, poucas sub-redes participando. O tráfego multicast pode ser distribuído segundo a árvore compartilhada ou segundo a árvore ligada a fonte. A interface só receberá tráfego se utilizar o recurso de união – join ao grupo. Este join se propaga até a fonte ou até o RP. Entre esse protocolos podemos citar o Protocol Independent Multicast – Sparse Mode(PIM – SM).

3. Protocolo PIM
Novos protocolos de roteamento multicast surgiram no início dos anos 90. Estas famílias de protocolos foram denominadas coletivamente de Protocol Independet Multicast (PIM). O nome é devido ao fato de o encaminhamento multicast não depender de nenhum protocolo unicast específico. Assim o PIM usará a tabela de roteamento unicast existente não importando como ela...
tracking img