Protestantismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1003 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
 
 
 
 
 
 
Protestantismo
 

 

 
 Curitiba
2012
Sumário
 
Introdução................................................................................................pg 1Desenvolvimento.....................................................................................pg 2
Conclusão................................................................................................pg 4
Curiosidades............................................................................................pg 5
 
 
 
 
 
 
 

Introdução
  Neste trabalho iremos comentar sobre a realização de uma reforma na Igreja Católica, ela teve motivosreligiosos, políticos e econômicos
Foi realizada por Martinho Lutero que questionava as formas como a Igreja se comportava, ele não se identificava com algumas ações e acaba realizando uma grande reforma no catolicismo onde acaba surgindo as Igrejas Protestantes.

 
 
 
 
 
 
Desenvolvimento
O desejo de reconduzir o cristianismo à pureza primitiva e de livrar aigreja cristã da corrupção e do excessivo poder de Roma, deu origem, ao longo do século XVI, à Reforma Protestante.
A Reforma Protestante foi um movimento que começou no século XVI com uma série de tentativas de reformar a Igreja Católica Romana e levou subsequentemente ao estabelecimento do Protestantismo.
Esse movimento resultou na divisão da Igreja do Ocidente entre os"católicos romanos" de um lado e os "reformados" ou "protestantes" de outro; entre esses, surgiram varias igrejas, das quais se destacam o Luteranismo (de Martinho Lutero), as igrejas reformadas e os Anabaptistas. A Reforma teve intuito moralizador, colocando em plano de destaque a moral do indivíduo (conhecedor agora dos textos religiosos, após séculos em que estes eram o domínio privilegiadodos membros da hierarquia eclesiástica). Suas principais figuras foram Jan Huss , Martinho Lutero e João Calvino. A resposta da Igreja Católica Romana foi o movimento conhecido como Contra-Reforma.
  Os protestantes, também chamados de evangélicos, dividem-se atualmente em três grupos de afinidade teológica. O do protestantismo histórico, criado a partir da reforma; o pentecostal, surgido nocomeço do século XX, e o neopentecostal, mais recente. No Brasil, o protestantismo começa a se estabelecer no início do século XIX e hoje reúne o maior número de adeptos da América do Sul.
           O movimento protestante surgiu na tentativa de Reforma da Igreja Católica iniciada pelo monge agostiniano Martinho Lutero, no século XVI. Os motivos para esse rompimento incluíram principalmente aspráticas ilegítimas da Igreja Católica, além da divergência em relação a outros princípios católicos, como a adoração de imagens, o celibato, as missas em latim, a autoridade do Papa, entre outros.
            Para os protestantes, a salvação é dada através da graça e bondade de Deus, na qual cada pessoa pode se relacionar diretamente com seu Criador, sem a necessidade de um intermediário;diferentemente da fé católica, a qual diz que o único método de se obter a salvação é através dos sacramentos e rituais para purificação da alma feita através de pessoas santificadas (padres, bispos, etc.).
            Os protestantes defendem a crença de que a única autoridade a ser seguida é a Palavra de Deus, presente na Bíblia Sagrada. Desta forma, através da ação do Espírito Santo, os cristãos,ao lerem a Bíblia, têm uma maior harmonia com Deus. Por esse motivo, a partir da Reforma Protestante, a Bíblia foi traduzida para diversas línguas e distribuída sem restrições para as pessoas.
            O protestantismo pode ser subdividido em ramos, como o luteranismo, calvinismo, anglicanismo, etc. Atualmente, costuma-se classificar as igrejas protestantes em pentecostais e neopentecostais....
tracking img