protese

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 60 (14969 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de agosto de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MARCHA NORMAL

INTRODUÇÃO
A marcha é uma atividade complexa, embora párea um processo simples, porque depende de uma série de interações entre dois membros inferiores multisegmentados e uma massa total do corpo. Informações importantes sobre a habilidade de andar da pessoa, entretanto, podem obtidas por diferentes tipos de análise. Estas incluem função geral do corpo, relações recíprocasentre dois membros, interação dos segmentos com o membro e a ação articular individual.
Uma das maneiras mais simplificadas de elaborar um raciocínio lógico e coerente para a análise da marcha consiste fundamentalmente dividi-la em fases e subfases. Basicamente, a marcha humana é ordenada em duas fases, denominadas fase de apoio e fase de balanço. Cada uma das fases da marcha pode ser subdivididasde acordo com critérios preestabelecidos para melhor compreensão das ações musculares.
No ciclo normal da marcha, observa-se que cerca de 60% de sua duração ocorre durante a fase de apoio, enquanto 40% ocorre na fase de balanço.




















POSTURA
Antes de um indivíduo poder realizar a marcha, ele tem que ter condições de assumir a postura ortostática.
Oalinhamento postural ideal é aquele cuja manutenção exige um mínimo de esforço e que provoca um mínimo de tensão no nível das articulações.
No indivíduo em posição em pé, a postura ideal no plano sagital é geralmente descrita como sendo a posição na qual a linha vertical tirada do lado da orelha passe pela articulação do ombro, pela linha mediana do tronco, depois pelo grande trocânter atravessando aseguir o joelho pouco adiante da linha mediana e terminando ligeiramente adiante do maléolo externo. A pelve e a articulação coxofemoral permanecem em posição neutra, a articulação do joelho encontra-se em extensão e os tornozelos ocupam posição neutra entre dorsiflexão e flexão plantar.

DEFINIÇÃO
A marcha é uma maneira ou estilo de andar. Uma descrição do padrão de marcha de um indivíduoordinariamente inclui a velocidade de locomoção (metros por segundos) e o número de passos completados por unidade de tempo (passos por minutos, também chamado de cadência), bem como outras características do padrão da marcha.

FUNÇÃO DO TORNOZELO DURANTE A FASE DA MARCHA
A complexidade da função do tornozelo é melhor visualizada ao se correlacionar movimento, vetores de demanda e ação muscular com asfases do ciclo da marcha. O equilíbrio entre a demanda funcional e a resposta torna-se evidente.

FUNÇÃO DO JOELHO NAS FASES DA MARCHA
A correção do movimento, função muscular e demandas dos vetores que ocorrem em cada fase da marcha esclarecem melhor a complexidade da função do joelho durante a marcha. O equilíbrio entre a demanda e a resposta torna-se evidente.

FUNÇÃO DO QUADRIL NASFASES DA MARCHA
A correlação do movimento, função muscular e vetores de demanda que ocorrem na marcha ajuda no entendimento da complexidade da função do quadril. O equilíbrio entre a demanda e a resposta torna-se evidente.


VELOCIDADE DA MARCHA
A velocidade do andar é um fator importante na análise da marcha, porque alterações na velocidade são acompanhadas por alterações em todos osaspectos, incluindo medidas de tempo e distância, dispêndio de energia e atividade muscular, usualmente o indivíduo normal altera ambos os parâmetros. A velocidade aumentada resulta em duração diminuída de todas as fases componentes do ciclo da marcha (apoio, balanço, duplo suporte), com a fase de duplo suporte diminuindo no sentido de zero e a fase de balanço diminuindo menos que todas. No indivíduocorrendo não há período de duplo suporte e a fase de balanço é mais longa do que a fase de apoio.
Um modo simples de medir a velocidade média, comprimento da passada e cadência é cronometrar o paciente andando uma distância medida de pelo menos 15 m e contar o número de passos dados, já que cada indivíduo tem uma velocidade livre ou confortável de marcha em uma superfície lisa horizontal, que é...
tracking img