Protagonismo juvenil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1565 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A influência da televisão sobre o comportamento violento
1. O ASSUNTO OU PROBLEMA
A pesquisa interessa-se por levantar as relações entre os meios de comunicação de massa e a prática de atos ditos delituosos, na tentativa de estabelecer a influência da televisão sobre o comportamento violento.
1.1. Delimitação
Um estudo sobre a influência da televisão sobre o comportamento de jovens compassagem pela polícia, num grande centro urbano. Os dados serão levantados a partir de uma pesquisa com internos, na faixa etária entre 12 e 16 anos, de uma unidade da Fundação Estadual do Menor (Rio de Janeiro, 1980).
1.2. Justificativa
Afora o interesse pessoal do pesquisador, o tema se impõe pela recorrência das discussões sobre a violência no Brasil, assunto obrigatório em todos os círculos, nestecomeço de década, e pela contribuição que uma pesquisa desta natureza pode emprestar à compreensão do real papel dos meios eletrônicos de comunicação numa sociedade marcadamente composta de pessoas jovens.
1.2.1. Relevância
A pesquisa se presta a derrubar preconceitos e pode ajudar a estabelecer uma prática psicopedagógica para a reinserção de jovens “marginais” na sociedade.
1.2.1.1.Relevância Científica
A televisão tem continuado, no Brasil, fora dos corredores universitários. Intelectual só vê televisão quando “passa pelo quarto da empregada” ou quando em “conversa com o seu filho menor”. A televisão e sua influência, embora atinja grande parte da população brasileira, continua à margem das preocupações dos cientistas. A pesquisa pode, então, contribuir, entre outras coisas,primeiro, para a superação desse preconceito; segundo, para uma real compreensão dos fenômenos de comunicação da massa num país em subdesenvolvimento, onde a televisão é o grande instrumento de lazer; e, para fornecer elementos para um entendimento das relações sociais num país que, “de repente”, descobriu-se violento violento...
1.2.1.2. Relevância Social
O estudo permitirá ajudar na resposta a umapergunta básica: justifica-se uma censura dos meios de comunicação como forma de se defender a sociedade da mensagem incitadora à violência, veiculada pela televisão? Ao mesmo tempo, a pesquisa poderá ajudar a compreender o mundo real de uma faixa de “marginais”, cujos discurso é bem diferente do de “bom” cidadão. Tem importância estudar um veículo que atinge, segundo os dados de institutos depesquisa, mais da metade da população urbana brasileira por ocasião de um único programa? Tem. Todo o controle sobre os órgãos de informações tem sido exercido sobre a premissa de que eles corrompem a moral e os bons costumes; estudar isto é ajudar a sociedade a se libertar dos seus traços totalitários, por mais aberta que se diga...
1.2.2. Interesse
Por militar na área das ciências do social, opesquisador se interessa grandemente pela influência dos meios de comunicação, estudados segundo métodos precisos, mas interdisciplinarmente. Seu interesse está também em função de sua postura em prol de uma ciência disposta a se envolver mais efetivamente com o objeto de sua investigação.
1.2.3. Viabilidade
A despeito de a pesquisa roçar quase sempre o pioneirismo, pela quase inexistência deestudos na área (especialmente no Brasil), o tema se mostra de execução viável, primeiro, pela concentração em uma unidade dos jovens que serão os objetos da investigação; segundo, pelo apoio técnico e financeiro que o pesquisador receberá da Fundação X; e terceiro, pelos estudos teóricos já desenvolvidos pelo pesquisador nestas áreas interdisciplinares.
2. AS FONTES
O núcleo dos dados será obtidomediante a aplicação de questionários na Fundação Estadual do Menor. Servirão ainda os relatórios dessa fundação, além dos boletins das emissoras de televisão locais.
Secundariamente, com apoio teórico, serão consultados alguns livros indispensáveis à compreensão prévia do problema, em diversas áreas do saber (educação, comunicação e psicologia).
Uma classificação das fontes pode ser proposta...
tracking img