Propriedades físicas do som

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 47 (11578 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de dezembro de 2010
Ler documento completo
Amostra do texto
PROPRIEDADES FÍSICAS DO SOM
MOVIMENTO VIBRATÓRIO E ONDULATÓRIO
EFEITO DA VIBRAÇÃO SOBRE O CORPO HUMANO

Com vistas à aprovação na disciplina higiene do trabalho I, apresento esta pesquisa técnica cientifica ao Prof. Helio de Sousa Queiros, Turma Introdução à engenharia de Segurança do trabalho, iniciada 06/11/2009 e concluída em 12/12/2009 do curso de especialização em engenharia desegurança do trabalho da — UNIEVANGÉLICA.

UniEVANGÉLICA
Anápolis — julho de 2009
ACIDENTE DE TRABALHOMBIENTE CONFINADO

PROPRIEDADES FÍSICAS DO SOM
MOVIMENTO VIBRATÓRIO E ONDULATÓRIO
EFEITO DA VIBRAÇÃO SOBRE O CORPO HUMANO

SUMÃRIO

1 PROPRIEDADES FÍSICAS DO SOM 4
1.1 O som e suas propriedades. 4
1.2 Funcionamento do aparelho auditivo. 6
1.3 Pair-(perda auditiva induzida porruído) 14

2 MOVIMENTO VIBRATÓRIO E ONDULATÓRIO 31
2.1 Elementos de um MHS 31
2.2 O Movimento Ondulatório 35
2.3 Formas de Propagação 35
2.4 Comprimento de onda (l) 38
2.5 Propriedades da propagação das ondas 39

3 EFEITO DA VIBRAÇÃO NO CORPO HUMANO 43
3.1 Introdução 43
3.2 Origem das Vibrações 44
3.3 Efeitos das Vibrações sobre oOrganismo 44
3.4 Ressonância 45
3.5 Danos à saúde 46
3.6 Vibração de corpo inteiro 47
3.7 Vibração localizada 48
3.8 Avaliação das Vibrações 50
3.9 Controlo das Vibrações 50
3.10 Proteção do Trabalhador 50
3.11 Instrumentos de Medida 52
3.12 Redução das vibrações na origem 52

1 PROPRIEDADES FÍSICAS DO SOM
1.1 O som e suaspropriedades
O som nada mais é que uma perturbação que se propaga, ou seja, trata-se de uma onda de natureza mecânica que necessita de um meio material para se propagar, sendo assim ele apresenta freqüência e amplitude, fase e timbre, no entanto, por ser uma onda, não transporta matéria, mas somente energia, que dependendo das condições pode influenciar depreciativamente no aparelho auditivo humano.
Afreqüência é o numero de ciclos que ocorrem em um segundo. A freqüência é o que determina se o som é mais grave ou mais aguda, ou seja, é ela que determina o tom. Quanto maior a freqüência maior o tom. A freqüência pode ser mediada por um frequêncimetro e o valor é medido em hertz.
O timbre é a propriedade que nos permite distinguir se um determinado som de mesma freqüência é produzido por um pianoou por um saxofone. O timbre é determinado pela combinação da freqüência fundamental e suas harmônicas, variando em quantidade e em intensidade. Não existe um som puro, sem harmônicas. Os sons reais sempre possuem harmônicas. A freqüência da harmônica é um múltiplo inteiro da fundamental. Ex: A freqüência de 300 hz possuirá a 2 harmônica em 600 hz,a 3 em 900 hz,e assim por diante.Um som rico chegaate a 6 ou 7 harmônica em intensidades bem equilibradas,acima disto o som se torna áspero.
A intensidade esta relacionada com amplitude das vibrações que atingem nossos tímpanos. Quanto maior a intensidade, maior a pressão sonora e maior a sensação de som. Pode ser medida com um decibelimetro e o valor é dado em dB (decibel).
A percepção sonora de um ouvinte numa sala de concerto ou em umambiente fechado não é só resultado da forma como o som é produzido no instrumento. Uma série de fenômenos explicados pela teoria ondulatória influencia essa percepção de modo muitas vezes dramático. Por exemplo, podemos citar as tentativas muitas vezes frustradas de se fazer shows de bandas de rock em locais fechados como ginásios esportivos. Todos nós percebemos a interferência e uma espécie de "eco"com o qual os engenheiros de som sempre têm problemas. A percepção do som da banda é uma se estamos de frente para o palco, diferentes se nos encontramos fora do "eixo" das caixas de som, e ainda outro se estivermos do lado de fora do ginásio. Em todos esses casos, estaremos ouvindo a mesma banda, tocando a mesma música, mas algumas das propriedades ligadas à propagação das ondas afetam essa...
tracking img