Proposta de metodologia do trabalho do nasf

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1512 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PROPOSTA DE METODOLOGIA DO TRABALHO DO NASF:
As ações de saúde do NASF devem estar sustentadas em um tripé envolvendo
o APOIO MATRICIAL, a CLÍNICA AMPLIADA e o PROJETO TERAPÊUTICO
SINGULAR (PTS), conforme Portaria 154/MS de 24 de Janeiro de 2008.

APOIO MATRICIAL:

O apoio matricial é o elemento chave para a ampliação da assistência. Baseia se na transdisciplinaridade que transforma aprática tradicional, elevando o
conhecimento dos profissionais entre si. Há um compartilhamento sincrônico de
saberes que aumenta a capacidade de ver o indivíduo como um todo,
contribuindo para uma melhor efetividade do tratamento.
O Matriciamento é uma forma de gestão em saúde, que pode ser realizado por
diferentes estratégias, porém a porta de entrada da discussão e seguime nto
deverá sersempre por meio da Estratégia de Saúde da Família.
Espera-se que, com o apoio matricial, a equipe de saúde da família reorganize
os projetos de trabalho e consiga criar redes de compartilhamento resolutivas
para o equacionamento e acompanhamento do sujeito/família, limitando a
forma de organização em que predomina a lógica do encaminhamento.
Deve otimizar o sistema de guias de referência econtra -referência, diminuindo
acentuadamente

os

encaminhamentos

consecutivos

que

facilitam

a

desresponsabilização e a transferência de pacientes que deviam ser
preferencialmente cuidados em seu território.
Segundo Campos, G.W.S., ”o apoio matricial em saúde objetiva assegurar
retaguarda especializada à equipe e profissionais encarregados da atenção a
problemas de saúde”.
Oapoio matricial facilita a vinculação do usuário aos serviços de saúde, sem
que haja a diluição de responsabilidades, pois os casos são compartilhados no
momento da reunião de equipe, podendo-se acompanhar a evolução dos
mesmos. Estabelecem-se, durante o início do tratamento, as linhas de cuidado.
Quanto ao processo de trabalho, as equipes do NASF devem se organizar em
dois, três ou maisprofissionais ou até mesmo toda a equipe, rodiziando -se nas
UBS onde estão as equipes a serem trabalha das. O período é pré-

determinado, iniciando suas ações e programando seguimento em conjunto
com a equipe de saúde da família nos futuros retornos.
As diferentes categorias profissionais devem apoiar todas as equipes de ESF
alternando-se entre si.
A organização do processo de trabalhodas equipes NASF deve ser orientada
pela Secretária Municipal de Saúde.
O agendamento dos procedimentos como consultas, grupos, oficinas da equipe
NASF devem ser realizados na agenda local de cada UBS devendo respeitar
as prioridades de cada caso respeitando a equidade, grau de vulnerabilidade,
riscos e agravos.

CLÍNICA AMPLIADA

A ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA consolidou, na AtençãoBásica, o
trabalho em equipe com adscrição de uma clientela e território, possibilitando
uma gestão por resultados obtidos em conjunto, em oposição à gestão por
procedimentos. Desta forma ampliamos a prática clínica na saúde coletiva
onde o trabalho em equipe tem uma importância crescente.
Apesar do avanço do modelo da ESF como um trabalho em equipe, o NASF
vem de encontro a uma ampliação daclínica dando maior resolubilidade local,
fortalecendo a integralidade.
A qualificação e a superação dos desafios do SUS direcionam ao
enfrentamento das questões da clínica hegemônica, construindo a CLÍNICA
AMPLIADA.
A construção da clínica ampliada é justamente a transformação da atenção
individual e coletiva que possibilita que outros aspectos do sujeito além do
biológico possam sercompreendidos e trabalhados, cuidando do indivíduo
como um todo.
O profissional de saúde supera sua capacidade de só combater as doenças,
ajudando o indivíduo a achar alternativas que não limitem sua capacidade de
vida.
A clínica ampliada permite reconhecer, no processo doença, determinantes
UNIVERSAIS quanto PARTICULARES, sem deixar de reconhecer a existência

da patologia, muito menos uma...
tracking img