Proposta de atividade recreativa para cada uma das deficiências: física, intelectual, visual e auditiva.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 35 (8558 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Formação de educadores: uma perspectiva de educação de idosos em programas de EJA*
Denise Travassos Marques
Pontifícia Universidade Católica de Campinas

Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Resumo


O objetivo deste estudo é salientar a necessidade de melhor formação docente em relação à Educação de Jovens e Adultos (EJA) e, mais especificamente, em relação ao idoso, um grupomarcado por múltiplas exclusões e bastante presente nas salas de aula de EJA. O estudo foi realizado a partir de revisão bibliográfica sobre Educação de Jovens e Adultos, idosos e formação docente, da reflexão sobre documentos, tais como a Constituição da República Federativa do Brasil e o Estatuto do Idoso, e da análise da experiência desenvolvida pela Secretaria Municipal de Educação de Campinas-SP,por meio da FUMEC (Fundação Municipal de Educação Comunitária). Após apresentar algumas perspectivas a respeito da ampliação no número de idosos na sociedade atual, dos preconceitos relacionados ao envelhecimento e da luta pelos direitos do cidadão idoso, focamos a importância do papel do educador no intuito de reverter a obscuridade a que é remetida a pessoa idosa, tanto no âmbito social quantono educacional. Para tanto, concluímos, tornam-se necessárias rupturas, que dizem respeito à própria imagem do pedagogo e da área da educação na sociedade, notadamente vinculada à infância, no intuito de incluir temáticas relativas ao idoso e ao envelhecimento nos currículos dos cursos de pedagogia, bem como de ampliar discussões a respeito do idoso, em especial aquele oriundo de camadaspopulares, nas pesquisas no campo educacional.
Palavras-chave

Idosos – Cidadania – Formação docente – EJA.

* Gostaríamos de fazer um agradecimento a Alessandra Splendorelli, então secretária do Núcleo de Pesquisa e Extensão do Centro de Ciências Sociais Aplicadas da PUC-Campinas, por sua inestimável contribuição à publicação deste artigo.

Educação e Pesquisa, São Paulo, v.36, n.2, p. 475-490,maio/ago. 2010

475

Teacher education: a view of the education of the elderly in EJA programs*
Denise Travassos Marques
Pontifícia Universidade Católica de Campinas

Graziela Giusti Pachane
Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Abstract

The objective of this study is to highlight the need for better teacher training with respect to the Education of Youngsters and Adults (EJA)and, more specifically, regarding the elderly, a group marked by multiple exclusions and strongly present in EJA classes. The study was based on a survey of the literatures on the Education of Youngsters and Adults, the elderly and teacher education, on the reflection on documents such as the Brazilian Constitution and the Statute of the Elderly, and on the analysis of the experience conducted by theSecretariat for Education of the City of Campinas (SP) through FUMEC (the Campinas Foundation for Community Education). After offering some ideas on the expansion of the number of elderly people in current society, on the prejudices related to growing old, and on the struggle for the rights of the elderly, we focus on the importance of the role of the educator to reverse the state of obscurity towhich the elderly is relegated both in the social and in the educational spheres. To that end, we conclude for the need for ruptures regarding the image of the pedagogue and of the field of education in society, strongly linked to the childhood, with the aim of including themes related to the elderly and aging in the pedagogy curricula, as well as of stimulating the debate about the elderly,particularly those from the popular classes, in the field of educational research.
Contact: Graziela Giusti Pachane R. Cândida M. Bilharinho, 621, apto. 102, bl. 02 38060-150 – Uberaba – MG E-mail: grazielagp@yahoo.com.br

Keywords

Elderly people – Citizenship – Teacher education – EJA.

* We wish to thank Alessandra Splendorelli, then secretary of the Research and Extension Group of the...
tracking img