Proposta de atendimento em gerontologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1627 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Proposta de Atendimento Psicológico a Pessoa Idosa









Nomes: Débora Cristina Gurgel Martins
Marcela Varela Leão Silva












Novembro/2012
ELABORAÇÃO DE UMA “PROPOSTA DE ATENDIMENTO PSICOLÓGICO À PESSOA IDOSA

1- APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA DE TRABALHO

Qualidade de vida e bem estar na velhice

Partindo do pressuposto de uma nova concepção deenvelhecimento como uma fase com muitas possibilidades de aprendizagem e conhecimento, torna-se necessário buscar estratégias para facilitar ao idoso o enfrentamento desse processo e a ruptura com a visão passiva da velhice. Dentre estas estratégias torna-se necessário que os profissionais que atuem juntamente aos idososs, seja em uma casa de repouso, em ILPIs, e até mesmo os familiares que convivem comos idosos busquem promover uma qualidade de vida a estas pessoas.

O que seria esta promoção da qualidade de vida?
Propomos então algumas questões que consideramos serem relevantes para esta promoção.

Falar em padrões de envelhecimento e em qualidade de vida na velhice remete à necessidade de se fazer uma comparação, ou seja, de definir os critérios para estabelecer o que é normal ouesperado, e o que é patológico. Esse é um grande desafio para os profissionais que trabalham com idosos, que tem se dedicado a definir o que é envelhecimento normal , o que é envelhecimento ótimo e o que é envelhecimento patológico.













Os parâmetros mais aceitos sobre a definição de uma velhice bem-sucedida ou ótima, e que, em contraste, são utilizados para definirvelhice normal e patológica são: ausência de doenças físicas e mentais crônicas e de incapacidade funcional que comprometam o funcionamento em níveis esperados para pessoas adultas numa dada sociedade; ausência de fatores de risco, tais como hipertensão, tabagismo e obesidade; manutenção do funcionamento físico e mental e engajamento ativo com a vida.

Uma velhice bem-sucedida revela-se emidosos que mantém autonomia, independência e envolvimento ativo com a vida pessoal, com a família, com os amigos, com o lazer, com a vida social. Revela-se em produtividade e em conservação de papéis sociais adultos. Traduz-se em auto-descrições de satisfação e de ajustamento. Reflete-se em reconhecimento social às pessoas porque oferecem contribuições à sociedade ou ao grupo familiar e por seremmodelos de velhice boa e saudável.
Idosos que possuem então uma saúde física e mental boa, que conseguem realizar suas atividades diárias com autnomia e são capazes de produzirem ainda podemos dizer então que possuem qualidade de vida, pois esta forma de viverem reflete em suas vidas um bem estar e uma capacidade saudável de passarem por esta etapa do envelhecimento.
1.2CONTEXTUALIZANDO A INSTITUIÇÃO


A intituição à qual vamos propor um trabalho de inserção da Psicologia é a Casa de Repouso Santa Luíza de Marilac situada no município de Itabirito. Na rua Monte Sinai, número 320, Bairro Monte Sinal.
A casa de repouso Santa Luiza de Marilac é um tipo de Instituição ILPIs ( Instituição de Longa Permanência para Idosos).As instituições de longa permanênciasão locais de acolhimento em regime integral, previstas na proteção social especial de alta complexidade, para atender idosos em situação de abandono ou negligência, em caso de suspensão temporária ou quebra de vínculo familiar e comunitário.

A instituição não tem um proprietário, pois é a Sociedade São Vicente de Paulo que cuida da direção da casa.Seu diretor responsevel é um membro destasociedade, o senhor Alencar Tadeu Vieira.
Esta instituição tem como objetivo principal receber os idosos que estão em situação de risco social, que sofrem negligência e mals tratos por parte de familiares do município.

1.3 PERFIL DO IDOSO A SER ATENDIDO
Idosos com vínculo familiar fragilizado e em situação de risco social. A Instituição possui idosos de diferentes idades, alguns com...
tracking img