Pronomes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1284 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Pronome: palavra que diz quem é o ser, mas sem qualificar nem dar nome. Existem 6 tipos de pronomes: pessoais, possessivos, demonstrativos, relativos, interrogativos e indefinidos, sendo eles definidos e indefinidos (BECHARA, 2000).
Na pratica as classes de pronomes aparecem isoladas em frases, sendo que, no caso dos pronomes adjetivos eles são usados juntos de umsubstantivo, com o qual concordam em gênero e número: “Aquele é o meu amor”. Aquele – pronome substantivo – e meu – pronome adjetivo. Os pronomes relativos são chamados de relativos definidos, com 1ª, 2ª, e/ou 3ª pessoa: Eu, Tu e Ele (TRAVAGLIA, 1996).
Esses pronomes apresentam alguma palavra que já tenha aparecido na oração. Essa palavra é chamada de antecedente.
No pronome relativoindefinido, o antecedente é transformado. Sendo que as frases que serão usadas, deverão vir no singular: com Quantos ou (as), sendo usados no inicio, meio ou final. Também pode ocorrer o que, que vem transformado em quem ou aquele (CUNHA, 1972).
O objetivo desse trabalho pe analisar os pronomes relativos, que podem trocar o pronome pelo antecedente, e essa função vale a quem se pergunta ou aopronome relativo.

ANALISE SINTÁTICA

Na analise sintática as conjunções, que muitas vezes são confundidas por parecerem com os relativos, elas apenas são conectivos, sem função, já os pronomes sempre apresentam funções. Na analise sintática, os relativos representam um antecedente e se prestam de subordinantes (CUNHA, 1972).
Eles podem ser sujeitos (S), objeto direto (OD) e indireto(OI), predicativo (PRED), adjunto adnominal (ADJ ADN) e adverbial (ADJ ADV), complemento nominal (CM) e agente da passiva (AP).
Abaixo constam exemplos dos termos citados:

- No coração estão as pétalas que me presenteou.
- Do morto que sou, ao morto que serei.
- São olhos cujo brilho me seduz.
- Essa é a casa de que falei.
- A parteira ficou em frente à porta em que estava a criança.- Aquele é a criança por quem está interessado!

geral nos pronomes

- substantivo e adjetivo

São pronomes substantivos: Demonstrativos, Numerais, Pessoais, Possessivos e Relativos. Estes pronomes possuem síntase, sendo subclasses de substantivos e classificados de acordo com as pessoas do discurso (ILARI, 2001).
São pronomes adjetivos: Demonstrativos, Interrogativos, Numerais,Pessoais, Possessivos, e Relativos. As frases adjetivas são divididas em restritiva e explicativa (ILARI, 2001):

A – Restritiva: vetam o substantivo ou mesmo outro pronome que o antecede, mas é indispensável na frase, e não pode ser separado por vírgulas da oração principal: o grande sofrimento é que perdeu o pai.

B – Explicativa: são acessórios antecedente o adjetivo. Podem vir seguidos devírgulas e se elas forem retiradas não mudarão o sentido da frase: o grande amor de minha vida, que estreou aquele filme, casou-se semana passada. Que estreou aquele filme está apenas explicando a frase que já foi dita.

- RELATIVO

São referentes a termos antecedentes sendo variáveis ou invariáveis, simples ou compostos.
Os pronomes relativos são regidos por termos, como que, quem, etc. Oque difere da conjunção integrante, pois não tem função sintática na oração. Esse pronome tem 2 papéis, sendo referência ao antecedente e transpositor de orações independentes a adjetivos, mas irá exercer função de adjunto adnominal, claro que do antecedente usado (SILVA, 2003).
Já os pronomes quem e onde são usados sem antecedentes e denominados indefinidos.
Nesses casos, as gramáticastentam admitir a existência e uso dos antecedentes. No caso do antecedente quanto, ele é omitido.
Nas gramáticas atuais acontece o não uso de onde e aonde, sendo que onde é para repouso e aonde pra movimento (BECHARA, 2000).
As trocas são muito freqüentes: de que (qual), com exemplo.
Exemplo: ...qual o sobrenome do garoto? (mais usual)
...de que família ele pertence?
O mesmo caso...
tracking img