Projetos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2533 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PROJETO DE INSTALAÇÃO ELÉTRICA
MEMORIAL DESCRITIVO

1. OBRA
Nome da Obra: Residência Unifamiliar
Endereço: Rua Santina Medeiros Campos, Santa Augusta, Criciúma/SC
Número de Pavimentos: 01
Área Total: 94,09 m²
Potência Total Instalada: 21,18 kW

2. PROPRIETÁRIO
Nome: João da Silva
CPF: 887.276.947-12
Endereço: Rua Santina Medeiros Campos, Santa Augusta, Criciúma/SC
Contato:(48) 3438 0000

3. RESPONSÁVEIS TÉCNICOS PELO PROJETO
Nome: Gustavo Cardoso da Silva
Cargo: Eletrotécnico
CREA-SC: 984728-1
Endereço: Rua 20 de Maio 591, bairro Centro, Morro da Fumaça/SC
Contato: (48) 9927 8373 – gustavocardoso_mf@yahoo.com.br

Nome: Bruna Freitas Aurélio
Cargo: Eletrotécnica
CREA-SC: 887321-1
Endereço: Rua Silvino Rovaris 242, bairro Boa Vista, Criciúma/SC
Contato:(48) 9649 5824 – brunita-freitas@hotmail.com
4.
INTRODUÇÃO

O presente memorial descritivo trata-se de leitura obrigatória pelas partes envolvidas por orientar a execução das instalações elétricas de edificação situada à Rua Santina Medeiros Campos, Bairro Santa Augusta, Município de Criciúma/SC de propriedade do senhor João da Silva.
No projeto elétrico em sua totalidade buscou-serespeitar e atender criteriosamente as normas técnicas vigentes relacionadas como a NT03, NBR5410 e NR10.
A referida instalação é composta por entrada de serviço subterrânea bifásica (380/220Vca) a 3 condutores de 25mm² provenientes da rede de distribuição secundária CELESC e quadro de medição de energia bem como todos os componentes pertinentes a instalação como dispositivos de seccionamento eproteção (disjuntores termomagnéticos padrão IEC/DIN), dispositivos de proteção contra choques elétricos (Diferenciais Residuais – DRs) e sistema de Aterramento Elétrico.
O projeto é composto de:
* Prancha 01/01;
* Padrão de Entrada de Energia - CELESC;
* Diagrama Unifilar Geral;
* Quadro de Cargas;
* Quadro de Circuitos;
* Malha de Aterramento;
* Planta Baixa (diagramafuncional);
* Planta de Localização/Situação;
* Legenda Elétrica;
* Detalhes diversos.

5. PROJETO ELÉTRICO

5.1. Entrada de Serviço

A entrada de energia será subterrânea com a instalação da tubulação tipo eletroduto PVC pesado de ø1.1/2” no nível do solo. Faz parte da entrada de serviço o eletroduto metálico, pesado, galvanizado à fusão de ø1.1/2” na descida do poste comaltura mínima de 5m em relação ao solo, sendo que o mesmo deverá ser aterrado, utilizando braçadeira para fixação do cabo de cobre nu – 50mm² e conectado a haste instalada na caixa de passagem da entrada de energia.
Na base do poste e antes do quadro de medição serão construídas caixas de passagem de concreto ou alvenaria com dimensões internas mínimas de 65x41x80cm e afastamento mínimo de 50cm doposte de derivação, contendo ainda sistema de drenagem. As tampas serão em ferro fundido com o nome “CELESC”.
Fazem parte da entrada de serviço os condutores (EPROTENAX) de alimentação geral da edificação com secção nominal de 25mm², calculados de acordo com a tensão de fornecimento e potência total instalada conforme Padrão de Entrada CELESC (E-321.0001).

5.2. Aterramento ElétricoSerá necessário aterramento de proteção para os seguintes: todas as partes metálicas não condutoras de energia, equipamentos que necessitam do mesmo, cada quadro de medição e o condutor neutro.
A malha de aterramento será composta com hastes de terra Cooperweld ø5/8” x 2,40m com um revestimento da camada de cobre mínimo de 0,254µm, interligadas com cabo de cobre nu 50mm² (item 6.4.1.2.1 daNBR5410), da malha, sendo que a mesma deverá possuir 5 eletrodos dispostos em linha com distância mínima de 2,40m entre ambos. A resistência de terra deverá apresentar um valor máximo de 10 Ohms em qualquer época do ano. No caso do valor não ser atingido deverá ser aumentado o número de hastes ou fazer tratamento de solo.
O condutor neutro e o condutor de proteção são separados ao longo de toda a...
tracking img